internacional cabeçalho

A idade e o passar dos anos são fatores de enorme peso no que concerne a futebolistas, é um facto. Na maioria dos casos, as principais qualidades físicas e, consequencialmente, técnicas dos jogadores vão decaindo após atingirem uma certa idade, até que chega o momento em que decidem deixar o futebol para trás. Porém, há casos (raros) em que tal não acontece. Um deles é português e atua no Atlético Madrid. Dá pelo nome de Tiago Cardoso Mendes (conhecido apenas por Tiago no “mundo” do futebol).

Atualmente com 33 anos, prestes a chegar à barreira dos 34, o médio não acusa o desgaste que a sua vasta carreira já poderia gerar e afirma-se como um dos pilares fundamentais do Atleti, imprescindível para o esquema tático implementado nos colchoneros por Diego Simeone. Desde que se encontra em Madrid, são raras as ocasiões em que o português não figura no “onze” inicial da equipa.

O médio conta com um vasto currículo no que diz respeito a títulos (2 Supertaças Europeias, Liga Europa, Liga Espanhola, Liga Inglesa, Liga Francesa, entre outros) mas, também, a clubes representados, tendo jogado em cinco dos principais campeonatos europeus, actuando em clubes como o SL Benfica, Chelsea, Lyon, Juventus e, atualmente, Atlético Madrid.

O português tem a capacidade de aliar às suas características e qualidades técnicas uma ampla experiência e conhecimento tático, que tão bem demonstra dentro das “quatro linhas”. O “camisola 5” dos colchoneros é, autenticamente, um incansável trabalhador em campo. Seja na recuperação de bola ou a lançar ataques, Tiago tem a notável aptidão de pautar o ritmo e os tempos de jogo, tanto defensiva como ofensivamente. Outra das suas principais “armas” está presente na precisão no passe que, juntamente com a total concentração que revela a nível mental, faz com que a saída com bola para o ataque da sua equipa seja feita com elevada segurança.

Tiago voltou a jogar por Portugal com Fernando Santos Fonte: Facebook das Seleções de Portugal
Tiago voltou a jogar por Portugal com Fernando Santos
Fonte: Facebook das Seleções de Portugal

Recentemente, a chegada de Fernando Santos ao comando da seleção portuguesa fez com que Tiago, após vários anos afastado da equipa das “quinas”, voltasse às convocatórias dos jogos de Portugal, e tal revelou-se como uma situação extremamente benéfica para as aspirações das hostes nacionais. O médio tem assumido um papel de destaque nas vitórias do grupo, sendo um dos jogadores que se apresenta numa melhor forma nos compromissos internacionais, denotando uma tremenda preponderância no meio-campo português. Muitos podem queixar-se do facto de Fernando Santos estar a apostar na “velha guarda”, mas no caso de Tiago não há queixa possível, pois foi em boa hora que retornou aos compromissos da seleção nacional.

Com o espírito combativo e competitivo que apresenta, a força do tempo aparenta não estar ainda a abater-se sobre Tiago, que faz, ainda assim, uso da sua inteligência em campo para debelar as capacidades físicas que possa ter vindo a perder entretanto. Aos 33 anos, garantidamente que, se continuar a manter a forma exibicional que tem vindo a demonstrar nas últimas épocas, não pendurará as botas tão cedo. E o futebol agradece. O futebol e, certamente, todos os portugueses.

Foto de Capa: Facebook do Atlético

Comentários