Cabeçalho Futebol NacionalApós ter sido surpreendido pela equipa búlgara na pretérita jornada, o Sporting de Braga voltou a não mostrar o seu melhor lado na exibição desta noite. O Ludogorets puxou dos galões de primeiro classificado do grupo e entrou mais forte, não deixando a equipa portuguesa estabilizar com posse de bola, e chegando mesmo a obriga-la a passar vários momentos da primeira parte no seu meio campo defensivo. A defesa foi fazendo bem o seu trabalho, e impedindo os búlgaros de chegarem ao golo.

Na segunda parte o Braga alterou a sua atitude perante o jogo. Voltou mais “mandão”, conseguiu ter mais posse e não mais voltou a sentir-se asfixiado pelo seu adversário. Xadas subiu bastante o seu rendimento, e na fase inicial do segundo tempo conseguiu ajudar o Braga a subir a sua produção. No entanto, acabou por ser a turma da casa a inaugurar o marcador, aos 68 minutos, na sequência de um pontapé de canto. Este lance, que deixou algumas dúvidas relativamente à posição de Marcelinho, o autor do golo, teve o condão de libertar mais a equipa minhota no jogo.

O SC Braga não conseguiu ir além do empate, mas mantem-se no segundo lugar do grupo Fonte: UEFA
O SC Braga não conseguiu ir além do empate, mas mantem-se no segundo lugar do grupo
Fonte: UEFA

Os braguistas subiram novamente no terreno, e construíram as melhores oportunidades para visar a baliza de Broun, acabando por empatar ao minuto 83 por intermédio de Fransergio, que havia saído do banco no decorrer da segunda metade do jogo. O brasileiro respondeu da melhor forma a um cruzamento de Paulinho, na sequência de um lance em que os portugueses ficaram a pedir penalty por mão de um jogador búlgaro.

Até ao términus da partida, o Braga foi ainda à procura de algo mais, mas no entanto não conseguiu arrancar mais do que um empate na visita à Bulgária. Revelou-se incapaz de quebrar esta maldição, mas mantém-se para já no segundo posto do grupo, em lugar de apuramento para a próxima ronda. A jornada seguinte em que defrontam o Hoffenheim, poderá revelar-se decisiva para um desfecho positivo desta fase da competição.