Anterior1 de 3Próximo

O Benfica deslocou-se à Hungria para vencer o PVSK-Veolia por 89-81, em jogo a contar para a Fiba Europe Cup – Nível um. Com este resultado, os “encarnados” somam a segunda vitória em dois jogos, confirmando assim o bom começo de prova, e recuperam da derrota sofrida para o rival FC Porto no passado sábado.

O Benfica de imediato confirmou a sua superioridade, chegando a uma vantagem de 9-2, o que forçou a técnico da equipa húngara a usar um desconto de tempo cedo no jogo, o que pareceu ter equilibrado o jogo, que após a recuperação do PVSK-Veolia se manteve equilibrado até ao final do primeiro período, que terminou com o resultado de 20-22 favorável à equipa portuguesa.

No segundo período, a equipa de Carlos Lisboa estabeleceu o seu domínio no jogo, saltando para uma vantagem de 23-32 em apenas quatro minutos, e acabou o período com uma vantagem confortável de 33-51, com Micah Downs e Tomás Barroso a destacarem-se na primeira parte, em conjunto com um bom jogo defensivo, ao qual os húngaros não conseguiram dar resposta. Primeira parte tranquila do Benfica, e o jogo já parecia não fugir.

Damian Hollis foi um dos melhores do Benfica em noite Europeia
Fonte: FIBA

Regressadas dos balneários, as equipas encaixaram tão bem como no primeiro período. O Benfica procurava aumentar a vantagem, mas com a equipa treinada por Ferenc József Csirke a tentar manter acesa a esperança para o último período. Destacou-se o equilíbrio, mas sempre com a sensação de que o Benfica estava confortável no jogo, a gerir a vantagem ganha na primeira parte. Parcial de 21-22 no período e o resultado em 54-73.

No último quarto da partida, a equipa portuguesa limitou-se a gerir o jogo, deixando sempre os húngaros a uma distância confortável e sem aso para surpresas. Perto do fim do jogo, ainda ameaçou a equipa da casa, acabando mesmo o jogo a apenas oito pontos e com um parcial de 27-14 no período final.

Do lado do Benfica, os destaques individuais vão para Tomás Barroso, que marcou 16 pontos e converteu quatro lançamentos de três pontos em seis tentativas, Toure Murry, também com 16 pontos, e Micah Downs, que ficou a um ponto de alcançar o duplo-duplo, com nove pontos e dez ressaltos.

Já pela equipa húngara, Christopher Mc Phaul Smith acabou com 15 pontos e seis ressaltos e Máté Pongó encheu a folha de estatísticas com 10 pontos, quatro ressaltos e cinco assistências.

O próximo jogo do SL Benfica a contar para esta competição é no próximo dia 6, quando os encarnados recebem o Inter Bratislava.

CINCOS INICIAIS:

PVSK-Veolia – Charles Justin Aiken, Veljko Budimir, Andras Rujak, Máté Pongó e Christopher Mc Phaul Smith

SL Benfica – José Silva, Micah Downs, Damian Hollis, Gary McGhee e Toure Murry

Anterior1 de 3Próximo

Comentários