A CRÓNICA: PRIMEIRA PARTE DE LUXO VALE VITÓRIA À UD OLIVEIRENSE

Mais uma tarde de basquetebol no Pavilhão Multiusos de Sines, com a UD Oliveirense a bater o SL Benfica por 83-81 na final da Taça Hugo dos Santos. A equipa bicampeã nacional entrou com toda a força, e dominou todo o primeiro quarto, com os encarnados a parecerem acusar mais o desgaste de ontem e a perderem o período por 21-13. No segundo quarto, as águias equilibraram o jogo, embora sem nunca terem recuperado a desvantagem que vinha dos primeiros dez minutos.

Já na segunda parte a história foi outra, e desta feita foi o SL Benfica a entrar mais forte, conseguindo mesmo recuperar o jogo e a prometer emoção para o último período. Tal como nos jogos de ontem, também este teve um final emocionante, com ambas as equipas a trocarem cestos até aos derradeiros momentos. Aí, a estrela do jogo sorriu aos atuais campeões nacionais, com o último lançamento do SL Benfica a não passar do aro.

A FIGURA

Fonte: FPB

Ambiente no pavilhão – Grande ambiente no multiusos de Sines, com forte apoio a ambas as equipas com o público a estar à altura do que aconteceu no court. É com mais eventos destes e com aderência do público que o basquetebol português vai crescer.

O FORA DE JOGO

Fonte: FIBA

Entrada do SL Benfica – Apesar da ausência de Betinho Gomes, nada justifica o péssimo início de jogo da equipa encarnada. O primeiro período foi totalmente dominado pela Oliveirense, e não fossem os ajustes feitos pelo treinador Carlos Lisboa e o jogo poderia ter acabado muito cedo.

ANÁLISE TÁTICA – UD OLIVEIRENSE

A equipa treinada por Norberto Alves procurou sempre a superioridade nas tabelas, algo que contribuiu para o forte primeiro período da equipa vencedora. Além disso, a estratégia da UD Oliveirense passou por esticar o jogo de forma a explorar o lançamento de três pontos.

CINCO INICIAL E PONTUAÇÕES

José Barbosa (7)

João Balseiro (5)

Duda Sanadze (7)

John Fields (7)

Shonn Miller (7)

SUBS UTILIZADOS

Corey Sanders (7)

André Bessa (4)

João Grosso (4)

João Guerreiro (4)

Marc-Eddy Norelia (6)

ANÁLISE TÁTICA – SL BENFICA

O SL Benfica jogou de forma muito semelhante ao jogo de ontem e como tem sido habitual, com dois jogadores exteriores, dois perto da área restritiva e Fábio Lima a criar a ligação entre os dois setores.

CINCO INICIAL E PONTUAÇÕES

Anthony Ireland (7)

José Silva (7)

Fábio Lima (7)

Arnette Hallman (7)

Eric Coleman (8)

SUBS UTILIZADOS

Anthony Hilliard (5)

Gonçalo Delgado (4)

Gary McGhee (5)

Rafael Lisboa (4)

Damian Hollis (6)

Foto de Capa: UD Oliveirense – Basquetebol

Comentários