Juntos na classificação com quatro pontos, ISCTE e FDL entraram em campo após um arranque de campeonato um pouco aquém das expetativas criadas. Procuravam, neste jogo, provar que aquela não era a imagem que querem passar nesta temporada.

Para o ISCTE, a fórmula para os três pontos foi fácil de encontrar. Fruto de uma pressão muito alta que não deixava a FDL respirar e sair a jogar, os homens das ciências do trabalho e da empresa subiram no terreno, ganhando cantos e, por três vezes, o filme foi o mesmo. O canto marcado por Britânico Pires fez com que um colega seu ganhasse nas alturas e marcasse o golo.

Superioridade total nas bolas paradas e nas alturas, com golos de André Amado, Francisco Mota e Bernardo Oliveira. Pelo meio, durante o 2-0, há um momento para magia. Gonçalo Martins, da Faculdade de Direito do meio da rua, aproveitou o facto de o guarda-redes estar avançado e marcou um grande golo (ainda assim insuficiente). Os homens de Direito não conseguiam ultrapassar a pressão dos vizinhos do ISCTE nem sair a jogar. Ao intervalo, o 3-1 espalhava bem a sua supremacia.

Muitos golos e disputa pela bola no Estádio Universitário de Lisboa
Fonte: Inês Catarino/ADESL

Na tentativa de passar uma imagem diferente na segunda parte, a AAFDL entrou bem melhor, exercendo maior pressão. Chegou mesmo a marcar mais um grande golo, desta vez por Ricardo Valente – no entanto, foi sol de pouca dura.

O jogo voltou à mesma toada da primeira parte: o ISCTE volta a ter o controlo do jogo e a entrar com muita facilidade na área adversária, aproveitando as lacunas defensivas da FDL. Foi sem surpresa que o marcador passou de 3-2 para 5-2. No final, deu-se a vitória justa do ISCTE, a equipa mais forte em campo. A fórmula de ser superior nas bolas paradas resultou por três vezes e o ISCTE vai crescendo de forma.

Onzes iniciais:

AEISCTE-IUL: José Magrinho, Manuel Pereira, Bernardo Oliveira, Paulo Franco, Afonso Ribeiro, Alexandre Almeida, João Monteiro, Britânico Pires, João Ferreira, André Amado e Francisco Mota.

AAFDL: Tomás, Daniel, Tomás Ribeiro, Gonçalo Barreto, Francisco Araújo, Gonçalo Almeida, Paulo, João Maldonado, Fonseca, Rodrigo e Gonçalo Martins.

Flash interview:

Jogo completo:

Artigo com a autoria de André Conde e Filipe Gonçalves

Foto de Capa: Inês Catarino/ADESL

Revisto por: Mariana Coelho

Comentários