Anterior2 de 2Próximo

Kai Kara France vs Mark De La Rosa

Era apenas o terceiro combate para Kara France no UFC, que tem 12 finalizações em 20 vitórias. Era o quinto combate para De La Rosa, que tem 6 submissões em 11 vitórias.

No primeiro round a luta de corpo a corpo foi quase imediata. De La Rosa, sendo um especialista em grappling, procurou cedo a projeção. No entanto foi France quem a conseguiu.

O segundo round foi muito ativo no aspeto do striking. France lançou golpes bastante fortes e conseguiu mandar De La Rosa ao tapete. Lançou golpes significativos, num round bastante entretido.

No terceiro round De La Rosa lançou mais golpes que o adversário. No entanto, France lançou mais limpo a acertar melhor. Destaque para um excelente pontapé ao corpo, seguido de golpes que deixaram De La Rosa em dificuldades.

No final os juízes atribuíram a vitória a Kara France por decisão unânime (30-27 x2, 29-28).

Terceira vitória seguida para Kara France
Fonte: UFC

Kenan Song vs Derrick Krantz

Era a luta perfeita para estes dois meio-médios se relançarem no UFC: ambos vinham de uma derrota. Para além disto, este combate prometia ser um autêntico espetáculo: Song tem 13 finalizações em 15 vitórias; e Krantz 21 em 24 vitórias.

No primeiro round entraram ambos calculistas, a estudarem-se, e a lançar golpes isolados. Só no fim é que trocaram de forma mais agressiva.

No segundo round Krantz conseguiu uma projeção e dominou o combate no chão (tem 11 vitórias por submissão). Conseguiu o controlo lateral, reverteu várias posições e ainda procurou submeter o adversário.

No terceiro round Song entrou a todo o gás a procurar finalizar a luta. Krantz ainda conseguiu mais uma projeção, mas a faltar cerca de dois minutos para o combate terminar o cansaço era bastante visível em ambos. Braços em baixo e quase não lançaram golpes.

Kenan Song foi o vencedor deste combate, por decisão unânime dos juízes (29-28 x3).

Yanan Wu vs Mizuki Inoue

Depois de perder o seu primeiro combate no UFC, Wu conseguiu vencer Lauren Mueller. Já Mizuki Inoue fazia a sua estreia na promoção.

No primeiro round ficou evidente a diferença de envergaduras. Wu, bastante maior, combateu à distância, variou os golpes entre corpo e cabeça. Mizuki conseguiu várias vezes entrar na distância e acertar golpes, mas sofreu no contra-ataque.

No segundo round Wu defendeu uma projeção e tentou uma guilhotina. Sem sucesso, ficou bastante cansada e Mizuki aumentou o ritmo ao lançar mais golpes.

O terceiro round teve vários momentos de corpo a corpo, e uma troca de strikes equilibrada. O elemento diferenciador foi o facto de Mizuki procurar sempre ir para a frente e incentivar à troca, algo muito valorizado pelos juízes.

Mizuki Inoue foi a vencedora por decisão dividia: 29-28; 28-29 x2.

Khabib (à esquerda) defende o título contra Poirier
Fonte: UFC

O dia 7 de setembro traz o tão esperado regresso de Khabib Nurmagomedov. A estrela russa enfrenta Dustin Poirier num combate de unificação dos títulos de peso-leve.

Foto de Capa: UFC

artigo revisto por: Ana Ferreira

Anterior2 de 2Próximo

Comentários