A vitória nos WarGames sorriu à equipa de Pete Dunne, Ricochet e dos War Raiders

Fonte: WWE

Seguiu-se o combate mais antecipado da noite: WarGames, entre as equipas de Pete Dunne, Ricochet, War Raiders e os Undisputed Era. Estes tinham a vantagem de, a cada três minutos, ficarem com um homem a mais em combate.

Combate esse que começou entre Adam Cole e Ricochet, mas, após a entrada de Kyle O’Reilly, os Undiputed Era ficaram por cima. Assim foi até estarem nos dois ringues os quatro lutadores de cada equipa. Quero destacar a incrível agilidade de Hanson e a força bruta de Rowe. Os War Machine serão, sem dúvida, campeões Tag Team do NXT.

Após a entrada do último wrestler em combate (Pete Dunne), começaram oficialmente os WarGames. Com as várias armas à disposição, houve momento incríveis, como o splash de Hanson em O’Reilly – que quebrou uma mesa -, um incrível Tower of Doom, que envolveu sete lutadores e um Double Moonsault do inevitável Ricochet para cima das duas equipas.

O final do combate foi espetacultar: cada equipa estava num dos ringues até que se encontraram para começarem, mais uma vez, a atacar os adversários. No entanto, Pete Dunne ficou sozinho com Adam Cole, conseguindo aplicar o Bitter End. Após isto, Ricochet ”apareceu do nada” com um 450 Splash, que deu a vitória à sua equipa.

Anúncio Publicitário

Este combate foi fabuloso. Todos os lutadores brilharam e foi o final perfeito para o evento.

Nota do combate: 9/10

Revisto por: Mariana Coelho

Foto de Capa: WWE