Anterior1 de 3Próximo

Este jogo marca a estreia de Portugal nesta edição do Mundial de Futebol de Praia, e apesar do adversário não ser dos mais cotados, havia muita expectativa para ver o desempenho de um dos candidatos ao título, e actual segunda classificada no ranking de selecções desta modalidade.

Como esperado, Portugal foi sempre dominante e começou o primeiro período a desperdiçar várias oportunidades para abrir o marcador. Já a Nigéria fez bom uso do jogo directo que a caracteriza e marcou o primeiro golo da partida à passagem do nono minuto, por intermédio de Azeez Abu.

O primeiro período foi francamente mau para Portugal, tendo em conta a qualidade dos seus jogadores. Felizmente, estes não demoraram a responder no reinício da partida.

Primeiro foi Belchior, que surpreendeu tudo e todos com um canto directo que empatou a partida. Seguiram-se os golos do melhor jogador do mundo, Jordan Santos (através de um livre directo) e de Bruno Torres, que respondeu da melhor maneira a um cruzamento de Belchior.

Em três minutos, Portugal deu a volta ao jogo e desde aí não mais olhou para trás. Já a Nigéria ia demonstrando muita vontade, mas pouco técnica.

Os golos continuaram a surgir no segundo período, desta feita por Rui Coimbra (em mais um livre directo) e por Bê Martins, que combinou muito bem com o seu irmão Léo e com Jordan para fazer o 5-1.

O terceiro período trouxe mais do mesmo; à semelhança do anterior, este também começou com um golo de Belchior, seguido de uma grande penalidade desperdiçada por Von. No entanto, quando o segundo penalty surgiu, Bruno Torres não o desperdiçou.

No minuto seguinte, Torres completou o seu hattrick e aumentou a vantagem para 8-1 com um belo remate de pé direito à entrada da área.

Já perto do final da partida, Rui Coimbra fez de cabeça o segundo da sua conta pessoal e, para terminar o jogo em beleza, Madjer respondeu da melhor maneira a um cruzamento do jovem Rúben Brilhante, e com um fantástico pontapé acrobático fez dessa forma o décimo golo português.

EQUIPAS

Portugal- Andrade, Torres, Madjer, Von, Belchior, Petrony, Coimbra, Lourenço, Jordan, Rúben Brilhante, Bê Martins, Léo Martins.

Nigéria- Paul, Ohwoferia, Igudia, Ekujumi, Taiwo, Tale, Iorbee, Badmus, Kareem.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários