Cabeçalho Futebol NacionalTreze era o número de pontos de ambas as equipas à partida para mais uma jornada, desta vez, a meio da semana, da Segunda Liga. União da Madeira vinha de uma vitória, o Arouca de uma derrota.

Ciss, para os forasteiros, foi o primeiro a esboçar uma ocasião de golo, mas foram mesmo os da casa a adiantar-se, após passe de Barnes para a desmarcação de Areias que, com remate forte de pé direito, bateu Tony.

O jogo, em termos de lances de perigo, foi largamente protagonizado por Rui Areias que, na etapa inicial, ainda dispôs de mais duas oportunidades, aos 23 e aos 32 minutos, a segunda delas mesmo a mais flagrante, após defesa de Tony a cabeceamento de Deyvison… Na recarga Areias, na pequena área, atirou por cima.

Aos 53 minutos, o inevitável Areias abriu as hostilidades da etapa complementar, após cruzamento de Vítor Costa e obrigando Tony a vistosa defesa. 11 minutos depois, após canto de Palocevic, outra vez o avançado ex-Vitória SC…a aparecer no 1º poste e cabeceando por cima.

Titular na frente de ataque, Rui Areias decidiu para o lado local Fonte : FC Arouca
Titular na frente de ataque, Rui Areias decidiu para o lado local
Fonte : FC Arouca

Do lado forasteiro, José Viterbo não esperou pelo que o jogo poderia dar e, aos 70 minutos, já havia esgotado as substituições, apostando cada vez mais na densidade atacante e no jogo direto.

Anúncio Publicitário

Neste contexto, e com o Arouca a agarrar-se com unhas e dentes à vantagem, destaque para Luan (84’) e Júnior (88’) que dispuseram de boas chances para atingirem o empate.

O Arouca soma três pontos e foge das periferias da zona perigosa, enquanto a formação madeirense volta para o arquipélago com uma derrota na bagagem.