Tomás da Cunha

    Para o Tomás, o futebol é sem dúvida a coisa mais importante das menos importantes. Não se fica pelas "Big 5" europeias e tem muito interesse no futebol jovem.                                                                                                                                                 O Tomás não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

    Stay connected:

    Featured Stories:

    Campeão antecipado

    Apesar da imprevisibilidade do futebol, há campeonatos onde, por muito que se tente acreditar que vai haver uma luta pelo título até final, já...

    Não façam apostas

    A Ligue 1 tem-nos habituado nos últimos anos a uma grande incerteza em relação ao campeão. Depois dos sete títulos do Lyon, o Bordéus,...

    Lazio: Sem loucuras mas com vontade de regressar ao passado

    Há 15 anos, na viragem do século, a Lazio sagrou-se campeã italiana pela última vez na sua História. Nessa equipa, para além dos portugueses...

    Sudamericano sub-20: As individualidades prevaleceram sobre o colectivo

    A Argentina, apesar de não ter sido claramente superior, fez valer o peso das individualidades e foi a grande vencedora do Sudamericano sub-20, prova...

    Há decisões difíceis

    No Westfalenstadion, a catedral do Dortmund, ganhar ou perder costuma ser igual. Para as 80 mil vozes que esgotam o estádio jogo após jogo,...

    Taça Asiática: O perfume de Omar e a surpresa Luongo na primeira da Austrália

    A Austrália organizou e venceu pela primeira vez a Taça Asiática (competição que disputa apenas desde 2007, depois da mudança de Confederação), derrotando na...

    ÚLTIMA HORA