Rui Costa a 100% com Roger Schmidt: «Tem havido uma campanha contra o nosso treinador»

    Rui Costa, presidente do SL Benfica, falou este sábado à comunicação social, sobre o atual momento do emblema encarnado.

    Rui Costa marcou presença no Seixal, de modo a falar à comunicação social sobre o atual momento do Benfica, que soma 30 pontos, em 13 jornadas. O presidente não estava feliz:

    «Não posso deixar de lamentar o que aconteceu ontem, o clube nunca assistiu a algo assim, lamento profundamente. Acho que não é este o respeito que o nosso treinador merece. Um treinador que ganhou tanto, equivalente ao que tínhamos ganho nos últimos 4 anos. Considero uma ação despropositada. Compreendo os adeptos, porque a época não está a correr como queríamos, nomeadamente a Champions. Percebo que estávamos a perder o jogo em casa, mas a reação foi completamente descabida, um treinador que merece todo o nosso respeito e consideração e que ganhou tanto pelo Benfica».

    O antigo médio afirmou que tem havido uma campanha contra Roger Schmidt:

    «Tem havido uma campanha muito grande contra Roger Schmidt, o porquê, é difícil de saber. Até na parte de não falar português, não me lembro de uma campanha como tal. Tem existido uma campanha de enorme de desestabilização. A reação de ontem é de adeptos, que depois de termos sido campeões, esperavam outras classificações. A campanha europeia está a ter muito peso nos nossos sócios, mas eu pergunto o que já perdemos internamente? Ganhámos a Supertaça, no campeonato, o máximo que nos pode ficar é a quatro pontos. Quem perdeu o campeonato assim à décima terceira jornada? O que faz com que se pense que tem que se mudar tudo, assim que há um resultado menos positivo no clube? No jogo de ontem, vocês próprios disseram que o Benfica fez de tudo para ganhar o título».

    Rui Costa garantiu que compreende a postura de Roger Schmidt:

    «O treinador, como ser humano que é, sentiu-se desagradado com o que aconteceu. Ele compreende quando uma massa associativa está contente ou não, mas o que aconteceu ontem foi uma novidade para toda a gente. Eu falo com o Roger Schmidt quase todos os dias. Ele ontem estava desiludido com o resultado e com o que aconteceu. Ele admitiu que está feliz no Benfica e que gosta de trabalhar no clube. É normal, depois do que aconteceu, ter uma reação mais pessoal. É com ele que vamos continuar a trabalhar, que vamos conquistar mais títulos. Parar a meio da época, com a experiência que temos, nunca resultou. Estamos nas três competições internas e temos um jogo importante para a semana sobre a continuidade na próxima semana. A instabilidade nunca ajudou ninguém. Schmidt sabe perfeitamente a confiança que eu tenho nele e ele não precisa que eu o diga todos os dias. Não precisamos de apregoar todos os dias aquilo que sentimos. Este é o treinador deste projeto e temos que estar unidos. Ainda não perdemos nada em termos internos».

    Rui Costa abordou o caso Arthur Cabral:

    «Arthur Cabral percebeu que não teve um gesto digno de jogar no Benfica, já pediu desculpa por isso, eu também peço desculpa por isso. Tem que se medir como estava o ambiente ontem. Foi um jogo muito difícil. 36 tentativas e um golo. Ao Cabral custa mais, porque queria estar melhor, queria ser o Cabral do passado, que ainda não foi. Eu lamento pelo que aconteceu».

    O presidente do Benfica disse que a equipa está muito motivada:

    «O treinador está motivadíssimo. Tiveram acesso ao que se passou ao jogo de ontem. Acharam que o Benfica fez um mau jogo? Acharam que a equipa não estava com os jogadores? Estão todos motivadíssimos. Mesmo que hoje os resultados sejam favoráveis aos nossos rivais, nada está perdido na décima terceira jornada».

    Rui Costa afirmou que percebe a reação de Roger Schmidt:

    «Claro que percebo a resposta. Não só a percebo, como também percebo que quando se acaba um jogo não se vai com a cabeça completamente limpa, por coisas que se vivem durante o jogo. Às vezes levam a desabafos. Estou farto de ouvir em outras conferencias coisas piores. Este é o treinador que vai continuar no Benfica e nos vai levar a títulos. Ainda estamos em várias frentes. Vamos lutar pelo título até ao fim».

    Sabe mais sobre o nosso projeto!

    Bola na Rede é um órgão de comunicação social de Desporto, vencedor do prémio CNID de 2023 para melhor jornal online do ano. Nasceu há mais de uma década, na Escola Superior de Comunicação Social e em forma de programa de rádio.

    Desde então, procura ser uma referência na área do jornalismo desportivo e de dar a melhor informação e opinião sobre desporto nacional e internacional. Queremos também fazer cobertura de jogos e eventos desportivos em Portugal continental, Açores e Madeira.

    Podes saber tudo sobre a atualidade desportiva com os nossos Última Hora e não te esqueças de subscrever as notificações! A 28 de outubro de 2019, avançámos também com introdução dos programas em direto, através do canal BOLA NA REDE TV, no Youtube.

    Além destes diretos, temos também muita informação através das nossas redes sociais e em vários modelos de podcasts.

    Se quiseres saber mais sobre o projeto, dar uma sugestão ou até enviar a tua candidatura, envia-nos um e-mail para [email protected]. Desta forma, a bola está do teu lado e nós contamos contigo!

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares