No BnR TV tivemos a presença de uma dupla mítica no Futebol português, Mário Jardel e Ljubinko Drulovic. Um programa onde o jogador sérvio acabou por confidenciar que o astro brasileiro não acabou por vir para o SL Benfica em 2001 por causa de Pedro Mantorras: «O Mário [Jardel] acaba no Sporting CP também muito por causa de Pedro Mantorras, que foi uma grande aposta naquela altura do SL Benfica como ponta de lança».

Uma parceria que já fez muitos estragos em Portugal, principalmente no FC Porto, e as histórias dos dois jogadores assumiram quase que o tema principal. Os números comprovam aquilo que foi uma das parcerias mais letais para as defesas dos clubes portugueses e isso não foi esquecido.

Contudo, ambos os atletas brilharam em formações no estrangeiro e as vindas para Portugal foram recordadas novamente. Mário Jardel contou a sua vinda para o FC Porto em 1996/97 e não escondeu as possíveis idas o rival SL Benfica, que acabaram por ser falhadas – especialmente com Manuel Vilarinho em 2000. Ljubinko Drulovic recordou os momentos da sua chegada à cidade de Barcelos e ao Gil Vicente FC. O sérvio, que agora é treinador das camadas jovens da seleção do Uzbequistão, demonstrou a vontade um dia puder vir treinar os gilistas, depois de Vítor Oliveira.

Quanto a um futuro próximo, Mário Jardel acredita que podia ajudar tanto o Sporting CP como o FC Porto ao enviar jovens talentos brasileiros para ambas as formações, tal como já o faz no Grémio FBPA. O ponta de lança canarinho não esqueceu de alertar que dois jogadores que marcaram o Futebol português (o próprio e também Drulovic) deviam ter uma oportunidade em Portugal com cargos em clubes.

Anúncio Publicitário

Comentários