Com o Campeonato de Portugal a entrar numa fase decisiva, alguns dos candidatos às duas vagas para a Segunda Liga juntaram-se no Bola na Rede TV para falar sobre o futuro dos clubes. Quatro cidades portuguesas veem os seus clubes a ganhar protagonismo ou a mostrar comprovar a força do seu histórico rumo aos campeonatos profissionais, novamente.

Os impactos da pandemia de COVID-19 na construção dos plantéis foram muito notados,  principalmente no caso do Anadia FC e do Vitória FC, e a aposta na formação foi uma carta no baralho para grande parte dos clubes. O presidente da SAD da UD Leiria, Armando Marques, reconheceu os problemas daquilo que foi o percurso do início da época com um plantel extremamente reduzido a poucos dias do primeiro jogo da temporada.

Pertencente ao distrito de Aveiro, em Anadia, mora uma formação que «poucos davam alguma coisa nesta temporada», tal como afirmou Nuno Branco. O diretor desportivo do Anadia FC deixou claro que partilhava o painel com três históricos do Futebol português e o seu clube podia não estar ao mesmo nível de história. Contudo, a vontade de cumprir objetivos é muito semelhante a todos e o primeiro objetivo, o de garantir, pelo menos, a Liga 3, foi conseguido.

Anúncio Publicitário

A equipa B do SC Braga, uma das poucas equipas secundárias no Campeonato de Portugal, dominaram a Série A e Ricardo Coutinho reforçou o objetivo de subir à Segunda Liga. O facto de utilizar os jogadores das respetivas equipas A, como por exemplo o Sporting CP B, o Team Manager dos bracarenses afirmou que não é a ideia da equipa, pois, está focada no lançamento dos seus jogadores mais jovens.

Nuno Soares, presidente da SAD do clube sadino, desabafou sobre as dificuldades que a formação setubalense teve e reforçou que «o Vitória não está em saldos». Além disso, esclareceu a situação dos sadinos com o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), órgão a quem dirigiu muitas críticas devido à demora e a dualidade nas decisões, e afirmou que «estão a querer matar» o clube. Porém, frisou que é muito difícil que isso alguma vez vá acontecer.

Programa com moderação de Leonardo Bordonhos, comentários de Luís Coelho e de Tiago Silva, com a participação especial de Nuno Branco (Anadia FC), Ricardo Coutinho (SC Braga B), Armando Marques (UD Leiria) e Nuno Soares (Vitória FC).

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão