Anterior1 de 6Próximo

entrevistas bola na rede

Mário Bonança é atleta de Natação do Sporting CP. Possuidor dum vasto currículo, o recém-formado doutor em Águas Abertas pela Universidade Lusófona de Lisboa aceitou o desafio de conceder uma entrevista ao nosso portal, em que fala um pouco da sua carreira nacional e internacional a representar o seu clube e a nossa seleção, do percurso académico que terminou este ano e, ainda, faz o retrato acerca do atual estado da Natação portuguesa.

Carreira como Nadador

Bola na Rede: Há quantos anos é que está ligado à Natação?

Mário Bonança: Eu estou ligado à Natação há cerca de 20 anos. Comecei a nadar aos 7 anos, aprendi rapidamente as quatro técnicas, e, a partir dos 11, ingressei como cadete no Sporting e iniciei o meu percurso na Natação.

BnR: Como atleta, pode competir em provas de Natação Pura e de Águas Abertas. Para quem não entende nada de Natação, será que pode explicar a diferença entre estas variantes do desporto aquático?

M.B.: A Natação Pura é aquela variante que já existe há muitos anos e qualquer pessoa consegue ver no calendário olímpico. É disputada numa piscina com 8 pistas, sendo que podem participar numa prova até oito atletas. A nível nacional e internacional, os formatos competitivos podem variar. A grande diferença para as Águas Abertas, é que esta é realizada no outdoor, podendo as provas ser disputadas no mar, num rio, barragem, lago. A outra diferença é na distância das provas, em que é superior aos 1500m que encontramos na piscina, que é a distância máxima.

Mário Bonança no Campeonato Nacional de 5km de Águas Livres, em Montemor-o-Velho, 2012
Mário Bonança no Campeonato Nacional de 5km de Águas Livres, em Montemor-o-Velho, 2012

BnR: Das quatro técnicas existentes na Natação (Crawl, Bruços, Costas e Mariposa), qual é o que mais gosta de desenvolver nos treinos e competições?

M.B.: Desde o início do meu percurso, nós (equipa do Sporting) desenvolvemos, a nível do treino, mais a técnica do Crawl. Eu comecei por ser um “costista” até por volta dos 13/14 anos, mas depois notabilizei-me mais na técnica de Crawl, daí preferir mais esta técnica.

BnR: Começou a participar em Campeonatos Nacionais em 2005. É capaz de dizer exatamente onde decorreu a 1.ª prova em que competiu e em que lugar terminou?

M.B.: Sim claro, mas não sei se os Campeonatos que refere foram do escalão infantis. Recordo-me que o meu 1.º Campeonato Nacional como infantil foi na Piscina antiga do Restelo, a do Belenenses que já não existe. Nadei 100m e 200m costas nessa prova.

Anterior1 de 6Próximo

Comentários

Artigo anteriorCampeões, finalmente!
Próximo artigoDéjà vu
O Guilherme é licenciado em Gestão. É um amante de qualquer modalidade desportiva, embora seja o futebol que o faz vibrar mais intensamente. Gosta bastante de rir e de fazer rir as pessoas que o rodeiam, daí acompanhar com bastante regularidade tudo o que envolve o humor.                                                                                                                                                 O Guilherme escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.