DIA UM – O PONTAPÉ DE SAÍDA

RELAÇÃO ENTRE JOGADORES, EMPRESÁRIOS E CLUBES

A manhã começou com um debate sobre empresários e jogadores. Sim, nós sabemos… Já estamos fartos todos desta “cantiga” sobre o mundo dos negócios de futebol. A realidade financeira dos clubes leva a que a relação entre estes, os empresários e jogadores não sejam as melhores.

Os negócios estão cada vez mais rápidos e também não é novidade nenhuma para ninguém que o tempo dos jogadores num respetivo clube cada vez é mais escasso. As negociações ocorrem a uma velocidade estonteante e isso traz consequências negativas para qualquer um dos lados. Quantas são as vezes em que o desvinculo de um atleta com o clube acaba por ser menos positivo por interesses financeiros e até desportivos? Cada vez há mais dinheiro em jogo e tudo isso leva a atritos entre ambas as partes.

«FUTEBOL FEMININO É FUTEBOL»

Não é novidade para ninguém o crescimento exponencial que tem tido o futebol feminino. A frase que dá mote a todo o debate é, sem dúvida, a equiparação do desporto rei do lado das senhoras à do lado dos homens. Porque, no final das contas, futebol feminino é futebol e nada mais do que isso.

A realidade ainda é muito diferente, é verdade, mas também não é menos verdade que foi já bem maior. Cada vez há uma maior audiência, maiores apoios financeiros por parte das instituições e dos clubes. Mas não é só fora de campo que as mudanças estão a acontecer. Em parceria com a GoalPoint, a Soccerex analisou a última competição de seleções femininas que levaram a algumas ilações bastante interessantes: nesta competição, as jogadoras tiveram mais oportunidades de golo, mais “jogo jogado” e também mais golos de cabeça.

Marzena Bogdanowicz (The FA), Laura Georges (FFF) e Rebecca Smith (COPA 90) têm evoluido o futebol feminino a um novo nível nos respetivos países
Fonte: Soccerex Europe

A UEFA e França está a ter um papel fundamental neste desenvolvimento do futebol feminino e tudo indica para que esta aposta chegue a um bom porto. Já há equipas femininas a encherem estádios e, inclusive, a jogarem nos mesmo campos do que as equipas principais masculinas dos respetivos clubes.

OS MEDIA NO MUNDO DO FUTEBOL

Lembram-se de ter falado acima sobre a pressa no mundo do futebol atual? Pois bem, este tema não passou ao lado num dos debates da tarde no Soccerex. Para Deco e Marcos Senna, o segredo para uma boa evolução na carreira de um jogador é nada mais, nada menos, do que ter calma. Ambos defendem a ideia de que o mundo do futebol é cada vez mais volátil. Tanto um jogador pode estar no auge numa temporada, como estar completamente “apagado” numa próxima.

Existem cada vez mais “vedetas” no mundo do futebol, mas essas mesmas “vedetas” são essencialmente criadas pela comunicação social. Com isto, Deco e Marcos Senna querem dizer que eles podem ser grandes talentos no relvado, mas em contexto de equipa, não há cá atletas com o “rei na barriga”. Pelo menos na realidade que ambos os jogadores passaram.

UEFA DE PORTA ABERTA COM GIORGIO MARCHETTI

O Secretário-Geral Adjunto da UEFA, Giorgio Marchetti, falou um pouco sobre as ambições para o futuro por parte da UEFA.

Depois elogios prestados à Liga das Nações, foi a vez de o foco ser posto no Euro 2020. “Trazer o Euro para os fãs e os fãs para o Euro” é um dos motes ao novo formato da competição de seleções europeias. Em modo de comemoração dos 60 aos da competição, o Euro 2020 vai ser disputado em 12 estádios de diferentes países.

Para além disso, houve também tempo para falar de uma nova competição. O nome não pode ser revelado, mas ficou a promessa de que a revelação do mesmo está para breve. Por isso, fiquem atentos! A competição surge com o objetivo de dar oportunidade a clubes mais pequenos de jogar em competições europeias.

Comentários