logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Croácia x França

Croácia 1-1 França: Gauleses voltam a marcar passo

A CRÓNICA: UM EMPATE TIRADO A FERROS PELOS CASEIROS

Na segunda ronda da Liga A da Liga das Nações, a Croácia recebeu a França, numa partida em que a vitória era imperial para ambas as formações, de forma a manter viva a esperança na qualificação para a próxima fase da competição, tendo em conta o deslize das duas seleções na ronda inaugural.

Com onzes bastante alternativos promovidos por ambos os selecionadores, a primeira parte mostrou-se bastante equilibrada, em que escassearam as oportunidades de golo. A França chegou mesmo a introduzir a bola na baliza da Croácia, mas Christopher Nkunku viu o seu tento anulado por fora de jogo, à passagem do minuto 31.

Já no segundo tempo, os gauleses reentraram bem na partida e inauguraram o marcador, ao minuto 52, depois de um remate certeiro de Adrien Rabiot, que colocou os franceses na frente do encontro. Ainda assim, e quando menos se esperava, Jonathan Clauss, que tinha entrado há poucos instantes na partida, cometeu uma falta na sua grande área sobre um jogador croata, que permitiu a Andrej Kramarić concretizar o castigo máximo, ao minuto 83.

Nos momentos finais da partida o jogo abriu, passando a jogar-se em alta intensidade, com ambas as formações a procurarem a vitória e a disporem de oportunidades para tal, mas o resultado não mais se alterou até final.

Assim, com este resultado, tanto a Croácia como a França somam apenas um ponto em duas partidas, tornando-se praticamente impossível a passagem de qualquer uma à próxima fase da competição.

 

A FIGURA

Andrej Kramarić – O avançado croata foi decisivo no encontro, com apenas 20 minutos jogados nesta partida. O jogador do TSG 1899 Hoffenheim conquistou e concretizou em golo o penalti que permitiu à seleção dos Balcãs resgatar um ponto deste jogo.

 

O FORA DE JOGO

Jonathan Clauss – O defesa francês teve uma aparição para esquecer neste encontro, ao cometer o penalti que permitiu à Croácia empatar a partida. Entrada em falso do jogador do RC Lens.

 

ANÁLISE TÁTICA – CROÁCIA

Os comandados de Zlatko Dalić alinharam num sistema tático de 4-3-3. Com várias alterações promovidas no onze incial, Luka Modrić manteve-se como o maestro da seleção croata, sendo o elemento mais inconformado da sua equipa ao longo da partida. A entrada de Andrej Kramarić foi o momento chave do encontro para a equipa croata, depois do avançado ter conquistado e finalizado a grande penalidade que permitiu resgatar o empate para os caseiros neste encontro.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Livaković (7)

Juranović (6)

Erlić (7)

Vida (6)

Barišić (6)

Modrić (7)

Brozović (7)

Kovačić (6)

Majer (7)

Budimir (6)

Brekalo (6)

SUBS UTILIZADOS

Oršić (6)

Pašalić (6)

Kramarić (7)

Sučić (6)

Vlašić (6)

 

ANÁLISE TÁTICA – FRANÇA

Já os pupilos de Didier Deschamps, apresentaram-se também com um onze renovado face ao encontro contra a Dinamarca, com destaque para a ausência das estrelas da companhia Kylian Mbappé e Karim Benzema, que não saíram do banco de suplentes. Num dispositivo tático em 4-2-3-1, com Ben Yedder e Christopher Nkunku como os homens mais perigosos no ataque, os franceses controlaram a maior parte do encontro, mas a nível ofensivo, apenas se viu concretizarem verdadeiro perigo no segundo tempo do encontro.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Maignan (7)

Pavard (7)

Saliba (6)

Kimpembe (7)

Diaby (8)

Tchouaméni (6)

Guendouzi (7)

Rabiot (7)

Digne (6)

Nkunku (7)

Bem Yedder (6)

SUBS UTILIZADOS

Kamara (6)

Griezman (6)

Clauss (4)

Licenciado em Comunicação Social, o Pedro procura construir os alicerces de uma futura carreira como jornalista desportivo. Apaixonado por futebol, nunca diz que não a uma boa partida do desporto rei.

Licenciado em Comunicação Social, o Pedro procura construir os alicerces de uma futura carreira como jornalista desportivo. Apaixonado por futebol, nunca diz que não a uma boa partida do desporto rei.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA