O final está próximo. O fim de uma era. Mais uma lenda que vai um clube que representou durante quase uma década. Arjen Robben está prestes a terminar a sua grande carreira no Bayern de Munique. Segundo a imprensa internacional, o holandês está a ponderar deixar os alemães no final da presente temporada. Depois de mais uma época consumada pelas lesões, o avançado holandês deixa assim um legado gigante no clube bávaro. Um dos melhores de sempre.

Esta temporada, Arjen Robben só disputou 16 partidas em todas as competições. Um sinal de que as coisas nem sempre estiveram bem para o holandês. O número 10 do Bayern de Munique ainda foi capaz de marcar cinco golos, três para a Bundesliga e dois na Liga dos Campeões. Mas não seria justo para o craque só olharmos para os números desta temporada.

Aos 35 anos, Robben conta com passagens pelo PSV, Chelsea, Real Madrid e Bayern de Munique (clube que representa desde 2009/10). Uma carreira de luxo para o jogador que tem um palmarés mais do que invejável. 31 é o número de títulos coletivos conquistados pelo jogador holandês. Destaque para os troféus conquistados no Bayern e sobretudo para a Liga dos Campeões conquistada em 2012/13 ao serviço dos bávaros, onde o Arjen Robben marcou o golo da vitória.

Juntamente com o holandês, Frank Ribéry também vai deixar os relvados no final da temporada.
Fonte: FC Bayern Munchen

Esta temporada, Robben não tem sido muito utilizado. A última presença de Robben em campo tinha sido na receção do Bayern Munique ao Benfica, em novembro de 2018. Na última partida, frente ao Hannover 94, o holandês regressou aos relvados do Allianz Arena.

Um sinal de que o clube quer dar ao jogador um final merecido, com minutos jogados. Isto é, um adeus homenageado. Para os adeptos do Bayern foram nove anos a ver os mágicos golos de pé esquerdo de Robben que agora deverão sem dúvida ser retribuídos com uma ovação e homenagem no final da temporada.

Tal como Robben, também Frank Ribéry anunciou que ia deixar o Bayern de Munique no final desta temporada. Isto só prova, uma vez mais, que estamos perante o fim de uma era. Duas lendas da Baviera vão deixar o clube, mas nunca serão esquecidas. Até ao final da época, quer Robben, quer Ribéry podem voltar a vencer a Bundesliga e terminar um ciclo nas suas vidas de forma gloriosa.

Foto de capa: FC Bayern Munchen

Comentários