Anterior1 de 5Próximo

Atualização do mercado da La Liga: “roubo” do Bétis em Lyon, impasse por Bale e 10º reforço para Lopetegui

Fekir é, até ao momento, uma das maiores pechinchas deste mercado
Fonte: Real Betis Balompié

O mercado de transferências na liga espanhola está longe de acabar e a chegada de novas estrelas vai acontecendo com a maior das naturalidades. Numa semana, ainda assim, mais calma do que as primeiras três de julho, o grande destaque foi para o reforço bomba do Real Bétis, que ruma até Sevilha num negócio inesperado.

A saída de Lyon do francês Nabil Fekir – campeão do mundo na Rússia – há muito que era uma certeza, mas o destino mais falado sempre fora Inglaterra, mais precisamente o Liverpool FC de Jürgen Klopp. Contudo, num dos negócios mais surpreendentes deste defeso, o Bétis anunciou a contratação do médio de 26 anos por uma verba a rondar os 20 milhões de euros. Em sentido inverso (de Espanha para França), Ryad Boudebouz deixou o conjunto sevilhano para assinar pelo Saint-Étienne.

Quem também pode estar de malas feitas no emblema bético são Giovani Lo Celso e Júnior Firpo. Relativamente ao virtuoso argentino de 23 anos, o interesse do Tottenham Hotspur FC aumenta de dia para dia e a transferência deverá ser consumada por 50 milhões. Já o lateral esquerdo da República Dominicana está a um pequeno passo de reforçar o FC Barcelona.

O movimento no aeroporto de Sevilha parece não abrandar e os rivais dos verdiblancos garantiram a 10ª contratação para a próxima temporada. Após Dabbur, Diego Carlos, Joan Jordán, de Jong, Ocampos, Reguilón, Koundé, Fernando e Óliver Torres serem anunciados no Sevilla FC, a formação orientada por Julen Lopetegui recebe agora Nemanja Gudelj, que na época passada esteve cedido pelo Guangzhou Evergrande ao Sporting CP.

Na China, aguardava-se com expetativa a confirmação de Gareth Bale no Jiangsu Suning, que estava disposto a pagar um milhão de euros por semana ao galês. Porém, o país asiático não agrada à família do jogador do Real Madrid CF, que tem assim até dia 31 para encontrar outras alternativas em campeonatos europeus.

Do Bernabéu, estão de partida, por empréstimo, os espanhóis Dani Ceballos, Jesús Vallejo e Javi Sánchez. O médio de 22 anos vai ser jogador do Arsenal de Unai Emery, ao passo que Vallejo é a primeira cara nova de 2019/2020 do Wolverhampton Wanderers FC de Nuno Espírito Santo. Já Sánchez, o nome do trio espanhol com menos encontros realizados pelos merengues, reforça a defesa do Real Valladolid.

Em Barcelona (ou melhor, no Japão), a venda de Thomas Vermaelen ao Vissel Kobe dos ex-culés Andrés Iniesta, David Villa e Sergi Samper ficou concluída. O emblema catalão aproveitou o amigável entre as duas equipas para fechar este dossier.

Dois dossiers que dificilmente ficarão arrumados este verão são os dos brasileiros Neymar e Philippe Coutinho. É quase certo que o astro do PSG vai continuar em Paris e os 107 milhões pedidos para Coutinho sair devem afastar os interessados no seu passe

Ao Brasil e à cidade do Rio de Janeiro chegou no final da semana Filipe Luís. O lateral esquerdo de 33 anos, que nas últimas nove temporadas representou o Atlético de Madrid em oito delas, estava sem clube após terminar contrato com os colchoneros, e vai agora ser treinado por Jorge Jesus no Flamengo.

A equipa de Simeone, que na madrugada de sábado derrotou o eterno rival Real Madrid, não juntou nenhum nome ao plantel nos últimos dias, após três semanas de ataque forte ao mercado. O Atleti ficou a saber, porém, que terá de descartar James Rodríguez dos seus alvos, pois o Real conta com o colombiano para colmatar a ausência de Asensio por lesão.

Artigo redigido por: João Fernandes

Anterior1 de 5Próximo

Comentários