Anterior1 de 3Próximo

A época alemã teve início no Signal Iduna Park com a disputa da supertaça alemã entre Bayern Munique campeão alemão e o Borussia Dortmund vice-campeão.

No seu currículo o Bayern já conquistou oito supertaças ao passo que o Borussia conquistou seis.Nos últimos três encontros que ambas as equipas disputaram a contar para a supertaça o Bayern venceu dois encontros contra um do Borussia.

Citando Jurgen Klopp antigo técnico do Borsussia de Dortmund sobre esta competição, “O vencedor pode ficar feliz com a conquista do título mas para o perdedor não é uma derrota trágica, mas sim um teste importante uma semana antes do início do campeonato”.

Para este encontro era grande a expectativa dos adeptos em ver as caras novas dos elencos mas o único reforço que se apresentou em campo foi Nico Schulz defesa esquerdo do Borussia Dortmund.

A grande ausência deste jogo foi claramente o central Matts Hummels, que se lesionou no último treino antes do jogo e que adiou assim o confronto contra a sua ex-equipa.

Ambas as formações usavam esquemas similares, o 4-2-3-1.O sistema do Bayern era sustentado mais na posse de bola, enquanto o Borussia fazia das transições ofensivas os seu ponto forte.

A jogar em “casa” o Dortmund teve uma entrada forte no jogo e criou uma grande oportunidade logo aos dois minutos de jogo com Réus a rematar de primeira após assistência de Raphael Guerreiro obrigando Neuer a fazer uma parada de grande nível negando o golo aos aurinegros.

Neuer que aos quinze minutos cometeria um erro que podia ter dado golo para o Dortmund, com uma saída temerária e que o espanhol Paco Alcacer não conseguiu aproveitar.

Cinco minutos volvidos e Neuer novamente em destaque com mais uma intervenção de grande dificuldade a remate do português Raphael Guerreiro.

Estávamos com vinte minutos de jogo e o Dortmund respondia ao futebol de posse do Bayern com transições rápidas e perigosas, sendo a equipa que mais perigo ia criando.

O Bayern Munique ia reagindo e a primeira grande oportunidade dos bávaros foi aos vinte e três minutos com Kingsley Coman a aparecer à entrada da área e a ver o seu remate defendido pelo guardião Marwin Hitz.

Apesar de não criar grandes oportunidades de golo, os bávaros criavam frisson junto à baliza do Borussia e Marwin Hitz via a bola chegar à sua baliza com relativo perigo.

O Borussia desacelerou e o Bayern tomou conta do jogo, pressionando muito alto, não permitindo que o Borussia saísse a jogar, e recuperando a bola ainda no meio campo do adversário.

Faltavam golos ao jogo que estava a ser muito bom tacticamente, e um dos motivos era a pouca clarividência do ataque de ambas as equipas, contrastando com a boa organização defensiva especialmente do lado do Borussia.

As equipas chegaram ao intervalo empatadas a zero, e o que se pode dizer é que as melhores oportunidades pertenceram ao Borussia mas o domínio do jogo pertenceu ao Bayern Munique, um empate que se ajustava.

Tal como aconteceu na primeira parte, o Borussia Dortmund entrou mais forte no encontro, e num raide pela direita do jovem promissor Jadon Sancho, chega ao golo por intermédio de Paco Alcácer, que remata de primeira após cruzamento do jovem inglês, uma finalização de classe do espanhol contratado ao Barcelona.

O Bayern pegou novamente no jogo e foi tentando chegar ao golo, com mais posse de bola os bávaros não conseguiam ultrapassar o muro amarelo chefiado pelo suíço Manuel Akanji. O central suíço estava intransponível e aos cinquenta e sete minutos evitou que Robert Lewandowski chegasse ao empate com um corte crucial em cima da linha de golo.

Com o golo sofrido, o Bayern expunha-se mais ao perigo e o Dortmund tentava em contra ataque explorar o espaço que se abria no meio campo defensivo para criar oportunidades.

DEPOIS DA SUPERTAÇA ALEMÃ, A SUPERTAÇA PORTUGUESA! QUEM É QUE ACHAS QUE VAI GANHAR!

Fruto dessa situação e numa dessas transições, o Borussia Dortmund chegou ao dois a zero, num contra ataque liderado por Sancho que arrancou desde a linha do meio campo após passe sublime de Raphael Guerreiro e foi até à área adversária, finalizando da melhor maneira e colocando os aurinegros com uma margem segura no jogo.

Em desvantagem no encontro, Nico Kovac foi o primeiro a ir ao banco e procedeu a alterações entrando Alphonso Davies (mesmo antes do segundo golo sofrido), e Renato Sanches para tentar dar mais frescura física ao meio campo e dar largura no ataque mas as substituições não surtiram efeito.

Tal como na primeira parte, o Bayern tinha o controlo do jogo, com mais posse de bola e iniciativa no jogo mas  as oportunidades não apareciam e com o jogo a caminhar para o seu final faltava ao discernimento à equipa bávara que encontrava um Borussia muito afinado defensivamente mostrando multa solidariedade entre o sector defensivo.

Com o final do jogo aproximar-se, começava a notar-se a falta de frescura física em ambas as equipas fruto de estarmos ainda no início de época e a equipa de Lucien Favre jogou mais na expectativa esperando pelo final do jogo.

De certeza que o último jogo entre as duas equipas estava ainda na memória do técnico suíço (o Bayern goleou o Dortmund por 5-0) e o Dortmund pôs trancas atrás e até o fim do jogo não houve mais situações de grande perigo.

Fonte: Dortmund

O resultado final acaba por ser justo para o Borussia Dortmund que conquista assim a sua sétima supertaça, num jogo em que mostrou ser eficaz concretizando na maioria das vezes as oportunidades criadas, ao passo que o Bayern mostrou-se ineficaz tanto a desmontar a defesa adversária como a concluir as poucas jogadas que criou.

Mais uma vez a febre amarela volta a atacar os bávaros que não perdiam nesta competição com o Dortmund há dois jogos. 

ONZE INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

Borussia Dortmund: Hitz, Piszczek (Subst. Wolf 80`), Akanji, Toprak, Schulz, Witsel, Weigl, Sancho (Subst. Larsen 80`), Reus, Guerreiro (Subst. Hakimi 75`) e Paco Alcacer.

Bayern Munique: Neuer, Kimmich, Sule, Boateng, Alaba (Subst. R. Sanches 70`), Tolisso, Thiago Alcantara (Subst. Pavard 80`), Muller (Subst. A. Davies 66`), Goretzka, Coman, Lewandovski

Anterior1 de 3Próximo

Comentários