Esta temporada, o FC Lokomotive Leipzig. que disputou a última partida da NOFV-Oberliga Süd no passado Domingo. terminou a época sem qualquer derrota e apenas com oito empates em 30 jogos disputados. 78 golos marcados e apenas 14 sofridos são números impressionantes para os homens de Heiko Scholz, que tem vindo a desenvolver um trabalho de excelência desde que assumiu o comando da equipa em 2013.

Apesar de serem praticamente desconhecidos na Europa do futebol, alguns jogadores da equipa de Heiko Scholz têm estado em particular destaque, como são por exemplo os casos de Djamal Ziane, que apontou 19 golos esta temporada, de Paul Schinke, um médio ala de grande qualidade que já contribuiu com sete golos e oito assistências até ao momento, e do talentoso médio ofensivo Daniel Becker, que é, porventura, o motor do meio-campo dos Loksche.

A festa de jogadores e adeptos no final do mês de Maio após uma vitória folgada perante o TV Askania Bernburg Fonte: mdr.de
A festa de jogadores e adeptos no final do mês de Maio após uma vitória folgada perante o TV Askania Bernburg
Fonte: mdr.de

O prestigiado escritor alemão Bertold Brecht afirmou em tempos que “as convicções são esperanças” e, por essa linha de pensamento, convicção é algo que não tem faltado aos fervorosos adeptos do FC Lokomotive Leipzig, que desde 2004 assumiram uma posição de colossal importância neste regresso “à vida” do histórico emblema da ex-RDA. Com um passado bem vivo na memória, mas com um presente a servir de fio de prumo para um futuro que se espera auspicioso, os Loksche caminham com passos curtos, mas firmes, para uma realidade da qual nunca deveriam ter saído, a grande montra do futebol alemão.

Foto de capa: lok-leipzig.com

Artigo revisto por: Luís Vicente

Anúncio Publicitário