A luta pelo título de melhor marcador está bem acesa e promete ficar decidida só mesmo na última jornada. Vários jogadores almejam este prémio, entre eles algumas surpresas, como Drmić, Raffael e Roberto Firmino. Vou, com este texto, fazer uma breve análise aos principais candidatos.

Mario Mandzukic – o ponta-de-lança croata está empatado com Lewandowski. Ambos já apontaram 17 golos, mas Mandzukic parte em vantagem, já que tem menos jogos disputados e, consequentemente, menos minutos jogados. O jogador do Bayern München tem uma oportunidade de ouro de deixar o seu nome gravado na história da competição, uma vez que esta poderá ser a sua última ‘grande’ época no clube da Baviera. Convém lembrar que, para o ano, o mais que provável avançado titular da equipa de Guardiola, Robert Lewandowski, será o seu maior rival nesta luta actual.

Robert Lewandowski – Lewandowski é, sem dúvida, um dos melhores pontas de lança do Mundo, se não mesmo o melhor. Com a saída de Mario Götze para o Bayern München, o polaco afirmou-se ainda mais como a principal figura do conjunto de Jurgen Klopp e já marcou 17 golos, tantos como Mario Mandzukic. São dois jogadores muito diferentes. Lewandowski é muito mais móvel e aparece muitas vezes em zonas mais recuadas a vir buscar o jogo para si. É um jogador com uma entrega muito maior, com uma qualidade técnica e de remate também muito maior do que a do croata. Convém relembrar que quatro destes 17 golos foram obtidos através de pontapés da marca de grande penalidade. Mesmo que não seja coroado o rei dos golos desta Bundesliga, Lewandowski é o jogador no qual apostaria todo o meu dinheiro em como irá vencer na próxima época ao serviço do Bayern München.

Josip Drmić – Aos 21 anos, Drmić é provavelmente a grande revelação desta Bundesliga. O jogador suiço conta com 16 golos, quase metade dos já obtidos por toda a sua equipa do FC Nürnberg. Com uma média de 0.57 golos por jogo, o suíço será um alvo apetecível já neste Verão. O Borussia Dortmund precisa de um ponta de lança e todos sabemos que Klopp aposta muito nos seus jovens. Contudo, não está sozinho na luta pelo avançado, já que Olic caminha para os seus 35 anos e começa a chegar a altura de os responsáveis do Wolfsburg pensarem na renovação da posição.

Josip Drmić factura a cada 138 minutos, nada mau para uma equipa que ocupa um lugar na zona de despromoção Fonte: Getty Images
Josip Drmić factura a cada 138 minutos, nada mau para uma equipa que ocupa um lugar na zona de despromoção
Fonte: Getty Images

Adrián Ramos – depois desta enorme época, é muito provável que Ramos conquiste um lugar nos 23 escolhidos por José Pekerman para representar a selecção colombiana no Brasil. Tem-se mostrado absolutamente letal na posição e, já com 28 anos, terá neste Verão a última oportunidade de assinar um contrato com uma equipa maior do que o Hertha Berlin. Os 16 golos são a prova de que Adrián Ramos é um jogador muito parecido a Jackson Martínez – é bastante completo, finaliza bem com os dois pés, muito perigoso nas bolas pelo ar e muito forte fisicamente.

Raffael – o irmão de Ronny (ex-Sporting e União de Leiria) é a grande figura do Borussia M’gladbach e é a grande surpresa desta luta, já que se trata de um jogador que ocupa a posição de médio. Mas não é um médio qualquer: é um médio que pensa como um avançado, um pouco à imagem de Yaya Touré. Raffael tem sempre a baliza adversária como alvo, e os seus 15 golos marcados demontram que o brasileiro é mesmo um médio com características diferentes, aparecendo imensas vezes nas áreas de finalização.

Roberto Firmino – O TSG 1899 Hoffenheim começa a ser demasiado pequeno para um jogador desta qualidade. Que bem que lhe fica o número 10 nas costas. Roberto Firmino marcou, até agora, 14 golos e é um típico médio ofensivo brasileiro, um jogador com uma técnica muito acima da média, com um remate muito fácil e um exímio cobrador de bolas paradas, tudo isto com apenas 22 anos. Trata a bola como poucos, e clubes interessados não devem faltar. Esta foi a quarta e provavelmente última época ao serviço do Hoffenheim.

Quantos milhões serão necessários para resgatar Roberto Firmino? Fonte: Getty Images
Quantos milhões serão necessários para resgatar Roberto Firmino?
Fonte: Getty Images

Stefan Kiessling – depois de ter sido o melhor marcador da época passada, Kiessling aparece este ano mais longe do topo com ‘apenas’ 14 golos. O eterno preterido alemão continua ainda assim a ser a principal figura do Bayer Leverkusen e a ser fundamental para as vitórias do clube alemão, mas a verdade é que já tem 30 anos. Foi um jogador que poderia ter sido muito mais do que aquilo que foi.

Marco Reus – esta foi mais uma excelente época do alemão. Com 13 golos marcados, a grande pergunta é: será Reus o último resistente do trio Reus/Götze/Lewandowski? Não me parece. Reus é claramente um jogador muito acima da média e já de créditos firmados. A nível clubístico já venceu quase tudo o que disputou, tendo apenas perdido a final da Liga dos Campeões na época passada, para o Bayern München, e deverá assim abandonar o clube que o formou. Clubes ingleses, como Arsenal e Manchester United, precisam de renovar o ataque e chamam por ele.

Pierre-Emerick Aubameyang – o internacional pela selecção do Gabão é dos jogadores mais rápidos do Mundo. Teve uma estreia de sonho pelo seu novo clube, apontando três golos no seu primeiro jogo. A estes três somou mais 10, e é uma das novas caras que prometem renovar o ataque do Borussia Dortmund. O excêntrico jogador ganhará maior protagonismo já na próxima época, com a saída já confirmada de Robert Lewandowski e ainda com a muito possível transferência também de Marco Reus.

Comentários