cab bundesliga liga alemaA mudança de Götze para o Bayern de Munique causou bastante polémica na Alemanha, como não poderia deixar de ser. Afinal, estávamos perante uma transferência que levou uma das principais figuras do Dortmund para o rival. Contudo, apesar da enorme expectativa que se gerou, o jovem alemão não teve uma primeira época muito feliz na Baviera (sem que se possa dizer que tenha sido negativa). Nunca foi um indiscutível na equipa e, quando jogou, raramente se exibiu ao nível que vinha demonstrando no Signal Iduna Park. O início desta temporada tem sido bem diferente; o médio ofensivo tem sido um dos melhores no conjunto de Guardiola e está finalmente a justificar os 40 milhões de euros investidos na sua contratação.

Götze surgiu completamente revigorado para a nova temporada, o que certamente estará relacionado com o facto de ter sido o autor do golo que deu o título mundial à Alemanha. O médio, que pareceu algo desmotivado no último ano, está bastante confiante e tem tido muito protagonismo no ataque da equipa bávara, sendo o actual melhor marcador da Bundesliga, com 7 golos. Mas resumir Götze à finalização é ignorar aquilo que tem de melhor: a técnica, a capacidade de decisão e a velocidade de execução, que vai aperfeiçoando na cada vez mais bem oleada máquina do Bayern (que evidentemente também beneficia do talento individual do jogador).

Götze em disputa com Granit Xhaka Fonte: Facebook do Bayern
Götze em disputa com Granit Xhaka
Fonte: Facebook do Bayern

A chegada de Lewandowski, que se afirmou com uma facilidade impressionante, foi um contributo importante para que o Golden Boy de 2011 estabilizasse o seu futebol no Bayern. O polaco é um jogador que Götze conhece na perfeição e o excelente entendimento que têm revelado não surpreende. A actuar nas costas do avançado ou descaído sobre o lado esquerdo, o alemão de 22 anos tem conseguido manter um elevado nível exibicional e está novamente a progredir no sentido de se assumir como um dos melhores do mundo. É certo que não teve um impacto imediato no Bayern, mas, com tanto talento, era uma questão de tempo até a relação com Guardiola se tornar proveitosa.

Foto de capa: Facebook do Bayern