Imagina que estás em Portugal e o teu clube está abaixo da chamada «linha de água», quantos adeptos estariam no estádio? Eu digo-te o atual cenário das últimas equipas da Primeira Liga Portuguesa nos seus últimos jogos. O Portimonense SC teve 2.522 espetadores e o CD Aves teve 1.779 (e a média total da Liga Portuguesa é de 11.692, em 2019). Digamos que, para além da falta de cultura desportiva, temos o problema de a maioria ser de um dos ditos «três grandes», mas com uma certa tentativa de mudança à vista.

Agora imagina estares na Alemanha e o teu clube estar nessa mesma posição? Com uma média de audiência de 43.441 espetadores (2019), a 1. Bundesliga, principal Liga Alemã, conhece um clube que luta ferozmente pela permanência na mesma. Uma liga onde o difícil não é subir, mas sim ficar e se não existir um bom investidor a sua estadia na elite do Futebol alemão será efémera.

Ora, pois bem, estamos a dia 15 de fevereiro de 2020 e a situação do Fortuna Düsseldorf 1895 é entre o lugar do play-off de descida e os lugares que dão bilhete direto para a 2. Bundesliga. O adversário desta jornada é o Borussia VfL Mönchengladbach, um «rival» da cidade que para muitos devido à sua boa relação não o consideram como um. Mas, ainda assim, era um jogo com essa envolvência de dérbi.

Neste artigo, vou tentar demonstrar, através de palavras, a enorme cultura desportiva que este país tem e também o ambiente completamente diferente daquele que é vivido no nosso país. Talvez, tenhamos muito que aprender com o Futebol por estes lados da Europa (Talvez não. Temos mesmo). Sejam bem-vindos a Düsseldorf e ao Merkur Spielarena.

Anúncio Publicitário