brasileirao

Chegámos ao verão. Sei que não tenho o prazer de humildemente escrever para um site ou um blog de moda ou maquilhagem. Porém, este verão trouxe-nos uma nova disposição no que ao mercado futebolístico diz respeito: a da ida de jogadores portugueses para o Brasil.

Bruno Pereirinha assinou esta semana contrato com o Atlético Paranaense. O lateral direito (ex-Sporting, por exemplo) vai passar a figurar nos planos do “Furacão” – epíteto carinhoso pelo qual este clube, que se veste de vermelho e negro, é conhecido. Atualmente, o Atlético Paranaense encontra-se na 8.ª posição, com uns confortáveis 22 pontos. Acredito que a equipa do Estado do sul do país poderá lutar por uma vaga no G4 – o grupo dos quatro primeiros classificados, que dá acesso à Taça dos Libertadores da América do ano vindouro.

Bruno Pereirinha assinou contrato com o Atlético Paranaense Fonte: Clube Atlético Paraense
Bruno Pereirinha assinou contrato com o Atlético Paranaense
Fonte: Clube Atlético Paraense

Feitas as apresentações, acredito que poderá ser muito promissor o futuro de Pereirinha no Brasil. Confesso, até, que ficarei com muita curiosidade de ver as exibições do atleta de 27 anos. Em termos culturais não terá diferença praticamente nenhuma, já que portugueses e brasileiros partilham um passado comum e uma maneira de pensar, sentir e agir – é assim que a sociologia define cultura – bastante semelhante. Em termos de jogo, sim, acredito que fará alguma diferença, já que no futebol brasileiro (interno) existem muitos momentos de jogo em que este se quebra e existem muitas situações de inferioridade numérica ou vice-versa. Esperar para ver.

Depois de Pedro Álvares Cabral ter partido com as suas caravelas para Terras de Vera Cruz, fizeram-se movimentos migratórios em ambos os sentidos; mais para um lado ou para o outro, consoante o tempo e a “bonança das marés”. Agora é a vez de os brasileiros verem de que matéria são feitos os jogadores lusos. Não é a primeira vez que tal acontece, é certo, mas seria gratificante ver um movimento futebolístico a migrar também para o Brasil. Para não ser sempre a mesma coisa. Assim tem mais piada

Anúncio Publicitário