Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho Futebol Internacional

Depois de eliminar o Bayern Munique nos quartos-final da prova, os “Merengues” viram o seu rival madrileno calhar no sorteio das meias-finais. Assim, esta noite o Real Madrid recebeu e venceu o Atlético por três bolas a zero, num jogo em que Cristiano Ronaldo esteve endiabrado e colocou a sua equipa numa posição bastante confortável da eliminatória.

Numa primeira parte claramente dominada pelo conjunto de Zidane, o primeiro golo chegou ainda nos dez minutos iniciais. Depois de um segundo cruzamento para a área de Casemiro, Ronaldo ganha a frente à defensiva contrária e cabeceia para o fundo das redes de Oblak.
A equipa da casa aproveitava a entrada adormecida dos “colchoneros” e ao quarto de hora esteve perto de ampliar a vantagem depois de um cabeceamento de Varane que Oblak resolveu com uma excelente intervenção. As ameaças eram cada vez mais, e aos 23’ Modric aproveita uma bola de ressaca à entrada da área para ameaçar novamente o golo.
Claramente a passar por dificuldades, o Atlético de Madrid chegou à meia hora sem qualquer remate à baliza de Keylor Navas e apenas assistia à troca de bola que o adversário fazia confortavelmente no interior do meio campo atacante.  Aos 31’ Cristiano Ronaldo partiu a loiça toda na extrema esquerda e assistiu Benzema para um remate à meia volta que ainda beijou o travessão da baliza.

asdasdsd Fonte: Real Madrid
Benzema luta para evitar o jejum de golos, mas voltou a ficar em branco
Fonte: Real Madrid

No último quarto de hora do primeiro tempo o Real Madrid baixou o ritmo de jogo e viu um Atlético a chegar-se aos poucos perto do último terço do campo, ainda que sem qualquer perigo.

Nos segundos 45 minutos, a equipa da casa entrou novamente dominadora e foi gerindo confortavelmente a vantagem no marcador até aos 20 minutos finais. No entanto, já para lá dos 70’, Cristiano Ronaldo decidiu escrever mais um capítulo na sua história, fazendo mais dois golos na partida. O seu segundo golo surgiu de um erro defensivo de Filipe Luis, que perde a bola à entrada da área na qual surge o português para fuzilar as redes de Oblak. Claramente em dificuldades na partida, a equipa de Diego Simeone não conseguiu parar a arrancada de Lucas Vázquez aos 86’ e viu Cristiano Ronaldo completar o hat trick e colocar o resultado num 3-0 final.

Anúncio Publicitário

Com esta vitória, o Real Madrid está com um pé na final da Liga dos Campeões, e é necessário um pequeno milagre para o Atlético revirar a eliminatória a seu favor.

Foto de Capa: Real Madrid

Anterior1 de 3Próximo

Comentários