Com apenas 19 anos e com pouco tempo na equipa principal do Manchester City FC, o jovem espanhol Brahim Díaz rumou esta janela de transferências a Madrid para representar o Real Madrid CF, de Santiago Solari, que passa por momentos difíceis no futebol espanhol. O jovem atacante que tinha sido utilizado algumas vezes, não muitas, pelo técnico dos citizens, deixa assim o Etihad e a cidade de Manchester para passar a vestir a camisola branca do Real Madrid.

A transferência que rondou 17 milhões de euros está a ser vista como um verdadeiro estratagema por parte do clube inglês, visto que o jogador foi para Espanha com uma cláusula anti-United. Ou seja, o Manchester City tem direito a 15% de uma futura transferência de Brahim Díaz, mas se for o rival, Manchester United FC, a contratar o jogador espanhol, o City detém 40% do valor da transferência. No entanto, e pelo que parece, esta vai ser a única contratação feita pelos espanhóis neste mercado de inverno, digamos assim. O recém-chegado regressou a casa, depois de ter saído do Málaga CF com apenas 14 anos, e já se estreou pelos blancos frente ao Leganés, numa partida onde entrou para jogar os últimos 12 minutos. 

O jovem espanhol representou o Manchester City, desde 2013, e agora regressou a Espanha para mostrar o seu valor e potencial                                                                                                                  Fonte: Premier League

O jogador espanhol de 19 anos ainda disputou 25 jogos pela equipa principal do Manchester City, tendo-se estreado em 2016, numa partida a contar para a Taça da Liga Inglesa. Desde aí, vinha a ser convocado esporadicamente, não sendo muito utilizado por Pep Guardiola. Também a concorrência de Sterling, Leroy Sané, Mahrez, Bernardo Silva, entre outros, a lutarem por lugares no ataque do Manchester City, fez o espanhol ver esta transferência com bons olhos, uma vez que o Real Madrid passa por um momento difícil em Espanha. Finalmente, o facto de Santiago Solari apostar muito na formação e na inclusão de jovens talentosos no plantel principal foi um fator decisivo para a ida de Brahim Díaz para o clube merengue.

Desde a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus FC que o Real não tem sido o mesmo e muitos jovens têm sido utilizados no onze titular juntamente com os experientes Bale, Benzema, Sergio Ramos e Marcelo. Contudo, os resultados não têm sido os esperados e, numa altura em que o clube se encontra no quinto lugar do campeonato, a vinda deste novo jogador pode ser parte da solução para o problema e para ultrapassar este mau momento. Podemos esperar boas exibições de Brahim Díaz? Poder, podemos, porque tem qualidade suficiente para jogar ao mais alto nível na Europa. No entanto, a falta de experiência e de ritmo serão obstáculos para o desempenho do jovem espanhol.

A pergunta que fica no ar é: Será Brahim Díaz parte da solução para o Real Madrid, ou ficou o Manchester City a ganhar com a ida do jovem para Espanha com a tal clausula anti-United?

Foto de capa: Real Madrid CF

 

Comentários