cab la liga espanha

A reabertura da janela de transferências em pleno Inverno permite a muitos clubes colmatarem eventuais lacunas que a sua equipa tem vindo a apresentar ao longo da primeira metade da época. Após reconhecer o que é necessário ser melhorado, identifica-se os jogadores que podem vir a ser a solução. No caso do FC Barcelona, os jogadores (Arda Turan e Aleix Vidal) já estavam identificados e até contratados desde o Verão, mas só a partir de janeiro é que puderam dar o seu contributo à equipa, fruto do castigo de inscrever jogadores, imposto pela FIFA aos blaugrana, que terminou nesta janela de transferências.

Assim sendo, ambos os atletas treinaram e integraram plenamente o plantel da equipa desde o início da temporada, mas apenas desde este mês são opção válida para os compromissos oficiais dos atuais campeões do mundo de clubes. O fim da suspensão aplicada pela FIFA vem em boa hora para as hostes catalãs, pois pode afirmar-se que o conjunto de Luis Enrique é algo curto no que concerne a alternativas viáveis aos jogadores que naturalmente figuram nas principais escolhas do técnico asturiano.

O médio turco Arda Turan, 28 anos, oferece uma vasta gama de soluções a Luis Enrique, fruto da sua versatilidade dentro das quatro linhas. Tanto pode atuar no meio-campo, principalmente na posição de médio interior (na qual tem atuado nas primeiras partidas de azul grená ao peito), como no setor mais ofensivo, dando à turma catalã a oportunidade de fazer descansar uma das estrelas do seu galardoado tridente ofensivo (Messi, Suárez e Neymar) e mantendo, ainda assim, a qualidade no ataque.

A capacidade técnica e de passe de Arda, aliadas à inteligência tática que denota, fazem com que encaixe perfeitamente no estilo de jogo do Barça, não só em termos ofensivos, mas também defensivos, fruto da sua precisão na pressão alta aquando da perda de bola (treinada com mestria por Diego Simeone no Atlético de Madrid). O médio turco apresenta-se, assim, como alternativa mais eficiente que Munir El-Haddadi ou Sandro Ramírez para a frente ofensiva.

Aleix Vidal “discutirá” a titularidade na lateral direita com Dani Alves  Fonte: FC Barcelona
Aleix Vidal “discutirá” a titularidade na lateral direita com Dani Alves
Fonte: FC Barcelona

No que diz respeito a Aleix Vidal, o lateral espanhol de 26 anos traz consigo concorrência direta a Dani Alves para a titularidade no corredor direito da defesa blaugrana. Até então, não existia no plantel catalão uma alternativa viável ao defesa brasileiro, que tinha vindo a ceder, por vezes, o seu lugar a Sergi Roberto, jovem médio de origem que, embora tenha realizado boas exibições, não oferece o mesmo tipo de garantias na lateral direita do que um jogador com experiência nessa posição. Aleix Vidal tem capacidade para explorar todo o corredor em alta rotação, bem ao estilo do que Dani Alves tem feito no Barcelona, mantendo ainda assim a consistência defensiva.

O Barcelona parte, então, para a segunda metade da época com dois reforços de peso, que, sem dúvida, podem ter papel fulcral em mais um ano repleto de conquistas para os blaugrana, tendo em conta que estes esperam manter ou até superar o seu registo no ano civil de 2015, no qual venceram cinco (Liga Espanhola, Liga dos Campeões, Taça do Rei, Supertaça Europeia e Campeonato do Mundo de Clubes) das seis competições oficiais em que participaram.

Foto de Capa: FC Barcelona

Comentários