Sábado há dérbi em Madrid. É para o campeonato, mas podia bem ser a final da Liga dos Campeões, como aconteceu em Milão, no último confronto entre Atlético e Real Madrid ou, em Lisboa, dois anos antes. Este Atlético joga o futebol mais bonito da era Simeone, mas é também o que fez o pior arranque de campeonato em termos de pontos. Do outro lado, o Real vai em primeiro, mas ninguém parece muito convencido com a qualidade do seu futebol (nem os seus próprios adeptos). Não faltam motivos de interesse.

Durante a semana, quase não se falou noutra coisa e o jornal Marca pediu aos seus leitores que votassem no jogador que deveria ser capa do jornal de sábado. Isto pode parecer uma ação para aproximar o jornal dos leitores, mas desconfio que, como jogo é tão imprevisível, os jornalistas da Marca inventaram isto para não terem de ser eles a arriscar um palpite sobre quem será a figura do encontro. Todos os jogadores eram elegíveis, mas o jornal preparou logo seis capas: Griezmann, Torres e Carrasco do lado do Atlético e Ronaldo, Bale e Modric, do lado do Real.

Na final de Milão, Ronaldo marcou o penálti decisivo, depois de Juanfran falhar. Como será sábado?  Fonte: Facebook Oficial do Real Madrid C.F.
Na final de Milão, Ronaldo marcou o penálti decisivo, depois de Juanfran falhar. Como será sábado?
Fonte: Real Madrid C.F.

O resultado da votação mostra que os espectadores conseguem ver além das maiores estrelas e, por isso, nas bancas haverá uma capa com Carrasco, o belga que atravessa o melhor momento da sua carreira, e outra com Modric, que regressou de lesão recentemente. Mas a escolha poderia ter recaído em muitos outros jogadores: Oblak poderá ser decisivo na baliza e Saúl Ñiguez poderá inventar mais um daqueles golos que gosta de fazer nos grandes jogos. (Basta lembrar o pontapé de bicicleta que marcou a Casillas ou o golo “à Messi” que fez ao Bayern, o ano passado). Também há que ter em conta o mágico Marcelo, que vai tirando adversários do caminho sem nunca precisar de acelerar muito, ou Isco que parece ter o lugar assegurado no onze inicial devido à lesão de Kroos. No centro da defesa, Sergio Ramos e Godín também poderão perfeitamente ser os homens do dérbi, seja pelo que cortam cá atrás ou pelos golos que marcam lá à frente. São muitos os candidatos a figura do jogo, de ambos os lados. Só uma coisa é certa e, por isso, dará título à capa, seja qual for o jogador que lá apareça: “Hoy es un día especial – los dérbis son más que un partido.”

Isso é tudo o que sabemos por agora, mas o que realmente importa é saber quem ocupará a capa no domingo. Se querem o meu palpite, terá de se guardar um espaço importante para o Barcelona, que recebe o Málaga sábado à tarde e poderá muito bem terminar o dia em primeiro lugar, caso o Real não vença o dérbi. Um Atlético – Real Madrid num sábado às 19h45 podia bem ser a final da Liga dos Campeões, mas, em Espanha, o principal favorito a ser campeão continua a ser o Barcelona.

 

Foto de capa: Atlético de Madrid

Comentários