Anterior1 de 3Próximo

Tic-tac, tic-tac. Em contagem decrescente para o “El Clásico”, a deslocação do Real Madrid ao Mestalla passou a ter ainda mais interesse após o deslize do Barcelona. Contudo, a formação de Zidane voltou a não aproveitar e não foi além de um empate a uma bola diante do Valência, tendo conseguido arrecadar um ponto no último lance da partida.

Mas que entrada avassaladora da formação madrilena! Pressionante, objetiva e sem deixar respirar o adversário. Em quinze minutos, foram quatro as oportunidades. Primeiro por Valverde, seguindo-se um duplo aviso de Benzema e ainda uma tentativa de Kroos. Já a equipa da casa só conseguiu assustar a baliza contrária ao minuto 17’, por intermédio de Ferrán Torres, num belo lance individual.

O Valência foi dando o espaço que o Real tanto ansiava e não foi de estranhar que o conjunto forasteiro voltasse a visar a baliza de Domenech, ainda que com outros intervenientes (Modric e Rodrygo).

O ritmo da partida foi baixando, a equipa de Celades equilibrou e as últimas duas ocasiões do primeiro tempo saíram mesmo das cabeças de Garay e, posteriormente, de Ferrán Torres. Contudo, o jogo encaminhar-se-ia para o intervalo exatamente como começou: sem golos.

Disputa de bola entre Coquelin e Modric
Fonte: Real Madrid CF

No segundo tempo, o Valência apresentou-se com uma postura bastante diferente. Mais jogo direto, mais ligação entre setores e também mais perspicácia nos momentos da decisão. Tanto que ainda nem um minuto estava decorrido e Ferrán Torres (novamente ele!) já se tinha isolado na cara de Courtois, ficando perto de inaugurar o marcador no Mestalla.

Com uma exibição madrilena completamente diferente daquela que foi protagonizada no primeiro tempo, Zidane esperou mais de 20 minutos até mexer no jogo, tendo colocado Bale e Vinicius em jogo no sentido de oferecer dinâmicas ofensivas frescas à sua equipa. Contudo, surtiram-se os efeitos contrários aos pretendidos…

Numa bela transição da formação da casa, Wass foi até à linha de fundo e descobriu Carlos Soler no coração da área completamente desmarcado, tendo o espanhol inaugurado o marcador a dez minutos do final.

Seguiram-se períodos frenéticos com Courtois em destaque. Evitou o 2-0 nos descontos e subiu à área no último lance do jogo, tendo contribuído para que Benzema atirasse para o empate ao minuto 95’, gelando o Mestalla que já se preparava para festejar.

Primeira parte dominada pelo Real e segundo tempo com um Valência superior, podendo-se mesmo dizer que o resultado assenta na perfeição ao que se passou em campo. Com este resultado, o Valência continua no 8º lugar, com 27 pontos, ao passo que o Real Madrid continua colado ao Barelona na liderança, com 35. Que venha o clássico espanhol!

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES

Valência: Domenech, Jaume Costa (Vallejo, 61’), Garay, Gabriel Paulista, Gayá, Coquelin (Kondogbia, 83’), Wass, Parejo, Soler, Ferrán Torres (Diakhaby, 90’) e Rodrigo.

Real Madrid: Courtois, Nacho, Varane, Sergio Ramos, Carvajal, Valverde, Kroos, Modric (Jovic, 82’), Isco (Bale, 69’), Rodrygo (Vinicius, 69’) e Benzema.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários