A CRÓNICA: E TUDO UM PENÁLTI FALHADO TROUXE…

Uma primeira parte que fica marcada pelos penáltis assinalados a favor de ambas as equipas, sendo o primeiro a abertura do marcador Evander com a primeira oportunidade para a equipa visitante que converte a falta de Diogo Leite no primeiro golo nesta noite europeia. Ainda no decorrer da primeira parte, Olafsson atira Galeno ao chão, após uma entrada rasteira bastante agressiva e a decisão estava tomada e confirmada pelo VAR: era penalti para o SC Braga. Ricardo Horta tenta encher o pé com o segundo golo da partida, mas o guarda-redes adversário facilmente defende a tentativa.

Anúncio Publicitário

É apenas nos segundos 45 minutos da noite europeia que o SC Braga começa a aquecer o ambiente, Galeno converte o segundo penalti num golo de esperança para os bracarenses, após rematar para um lado e o guarda-redes optar pela direção oposta. É apenas alguns minutos depois deste sucedido que Ricardo Horta recebe um belíssimo passe que o coloca cara a cara com Olafsson, sem vacilar, o avançado português coloca a bolo no sítio onde pertence – no fundo das redes da baliza.

Para piorar a situação dos dinamarqueses, Juninho acaba por ver o vermelho direto, após uma entrada perigosa no adversário, sendo obrigado a abandonar o relvado antes do tempo regulamentar.

A noite europeia continua e as tentativas da equipa de Carlos Carvalhal alargar a vantagem também! É nos últimos minutos que o recém-entrado, Mario Gonzalez, coloca a bola em Galeno que marca um golo simples e eficaz, fazendo o 3-1 na pedreira.

Stephanie Frappart assinala o final do jogo apenas um minuto depois deste golo e o SC Braga agradece a Galeno o segundo lugar no Grupo F com três pontos de diferença do primeiro classificado, Estrela Vermelha.

 

A FIGURA

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Galeno – O brasileiro não hesitou sempre que foi chamado a serviço e tirou a equipa da desvantagem com o golo de penálti. Após este momento, mostrou a sua liderança dentro do campo e não facilitou o trabalho aos defesas do Midjylland, acabando por bisar na frente, por mérito do trabalho excelente de Mario Gonzalez. O menino do SC Braga continua a dar cartas na Liga Europa!

 

O FORA DE JOGO

Penálti falhado por Ricardo Horta – O penálti falhado pelo avançado português colocou o SC Braga numa posição complicado no decorrer da primeira parte. Uma tarefa complicada, era de esperar mais do capitão dos bracarenses, mas a equipa (felizmente) conseguiu superar e Ricardo Horta redime-se com o trabalho realizado ao longo da partida e, em especial, no segundo golo.

 

ANÁLISE TÁTICA – SC BRAGA

Carlos Carvalhal apresentou-se nesta noite de Europa com um 4-3-3, mantendo Matheus à baliza (como já é hábito do técnico português). Diogo Leite e Paulo Oliveira foram a dupla de centrais que marcaram presença em campo, acompanhados por Sequeira e Yan Couto nas laterais. Chiquinho, Al Musrati e André Castro asseguraram o meio-campo bracarense. Piazon e Horta permaneceram-se no 11 inicial, em semelhança ao último jogo frente ao Estrela Vermelha, mas, desta vez, Galeno assegurou a titularidade frente à opção de Alan Ruiz (escolhido no último jogo da Liga Europa).

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Matheus (8)

Yan Couto (5)

Paulo Oliveira (7)

Diogo Leite (4)

Sequeira (5)

André Castro (4)

Chiquinho (5)

Al Musrati (5)

Ricardo Horta (6)

Piazon (5)

Galeno (9)

SUBSTITUIÇÕES 

Francisco Moura (6)

Gonzalez (7)

Iuri Medeiros (4)

Lucas Mineiro (4)

André Horta (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – FC MIDJYLLAND

O técnico Henriksen optou por uma abordagem um pouco mais diferente, com um 3-4-3 dando desta forma mais apoio no meio-campo ao invés da defesa. Contando com Olafsson na baliza, à semelhança do habitual, Juninho, Sviatchenko e Dalsgaard asseguram a parte mais defensiva da equipa dinamarquesa. Paulinho, Evander, Onyedika e Andersson são os homens escolhidos para liderar o meio-campo. Junior Brumado, Sisto e Isaksen são o trio escolhido para enfrentar ofensivamente o SC Barga de Carlos Carvalhal.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Olafsson (4)

Juninho (5)

Sviatchenko (5)

Dalsgaard (6)

Paulinho (5)

Evander (6)

Onyedika (4)

Andersson (6)

Junior Brumado (6)

Sisto (5)

Isaksen (5)

SUBSTITUIÇÕES

Marrony (6)

Cajuste (5)

Lind (-)

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

SC Braga

Não foi possível colocar questões ao técnico do SC Braga, Carlos Carvalhal.

 

FC Midtjylland

Não foi possível colocar questões ao técnico do FC Midtjylland, Henriksen.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome