Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho Liga Francesa

Tânger foi o local escolhido para receber a Supertaça Francesa. O Mónaco de Leonardo Jardim, campeão da League 1, e o PSG de Gonçalo Guedes, que ganhou a Taça de França, defrontam-se pela primeira vez esta época.

A equipa monegasca apostou na dupla Mbappé e Falcao, com as caras novas de Tielemans e Kongolo para fazer frente aos parisienses, que apostavam num 4-3-3 com uma frente de ataque com Dani Alves, Cavani e Pastore.

O Mónaco entrou a pressionar alto e a jogar com bastante intensidade, empurrando o PSG para o terço defensivo. Certo é que, nos primeiros dois minutos, a equipa de Leonardo Jardim já contava com dois remates e um canto.

Mbappé fez as redes balançar logo aos cinco minutos, no entanto o golo foi bem anulado devido a um fora de jogo do jovem francês.

O PSG respondeu com um primeiro remate de Dani Alves, que Subasic defendeu para a frente e Cavani ainda tentou remediar, mas sem sucesso. O uruguaio ainda teve outra oportunidade, mas acabou por ser travada pela defensiva monegasca.

Numa altura que o Paris Saint Germain estava a dominar o jogo, Fabinho passa a Falcao, que isola Sidibé. O francês acabou por rematar à panenka, fazendo assim o primeiro golo do jogo à meia hora de jogo.

Perto do intervalo, Subasic quase comprometia a vantagem da sua equipa, depois de uma má abordagem a uma bola parada. Sorte a sua e do Mónaco por não estar nenhum homem do PSG pronto a encostar. Já Marquinhos, na outra ponta do campo, também cometeu um erro defensivo, que Lemar acabou por não aproveitar.

Mbappé foi o marcador o primeiro golo da partida, mas acabou por se revelar infrutífero  Fonte: Eurosport
Mbappé foi o marcador o primeiro golo da partida, mas acabou por se revelar infrutífero
Fonte: Eurosport

O Mónaco entrou forte na primeira parte, com Falcao a cabecear perto da baliza de Areola, querendo defender o resultado e, possivelmente, ampliá-lo .

Contudo, foi do outro lado que aconteceu a surpresa: depois de uma falta cometida por Sidibé, Daniel Alves é chamado à marcação do livre e através de um remate irrepreensível marcou o primeiro golo pelo Paris Saint Germain. Depois de já ter ameaçado na primeira parte, acabou por carimbar assim uma estreia de sonho.

A equipa de Jardim manteve a estratégia inicial de começar a pressionar logo na zona defensiva do seu adversário, aproveitando assim alguns erros defensivos para rematar à baliza.

O jogo tornava-se cada vez mais interessante. O PSG começou a empurrar a equipa do principado para a sua zona defensiva e, se não fosse Subasic, o jogo não estaria com um resultado tão nivelado.

Mas Dani Alves estava – passe a expressão – com o diabo no corpo e assistiu Rabiot, o qual estou certa que será um dos meninos prodígio de Unai Emery, cabeceou sem hipótese para Subasic. Estava assim feita a reviravolta no marcador.

Leonardo Jardim viu-se, em pouco mais de dez minutos, confrontado com uma desvantagem que, ao ritmo a que o PSG marcava, poderia ser mais alargada. O Mónaco ainda ameaçou através de alguns ataques,  mas mesmo assim não conseguiu concretizar.

O jogo acabou por terminar com a vitória da equipa parisiense, neste que foi o primeiro grande embate entre Leonardo Jardim e Unai Emery.

Foto de Capa: Star Africa

Anterior1 de 3Próximo

Comentários