A CRÓNICA: UMA GOLEADA DE MÃO CHEIA

Em França dizia-se que este poderia ser o último jogo de Leonardo Jardim ao serviço do AS Mónaco. Só um triunfo claro e autoritário poderia manter o técnico português no posto… E eis que tal aconteceu! Naquela que foi, provavelmente, a melhor exibição da temporada, o AS Mónaco revelou uma capacidade pouco vista nesta temporada de reagir às adversidades do encontro, soube gerir todos os momentos de jogo e aproveitou todas os erros individuais e coletivos concedidos pela defensiva adversária. Uma equipa solta e confiante perante um LOSC Lille sem ideias e limitado pela saída prematura de Jonathan Ikoné do encontro. Foi o melhor jogo do AS Mónaco nesta temporada e Leonardo Jardim respira fundo no banco de suplentes. Numa altura em que se falava com maior frequência no nome de Laurent Blanc para o comando da equipa francesa, tudo acabou por correr bem e a equipa do Principado pode ter ganho aqui margem de manobra para manter a perseguição do top3 da Ligue 1.

A FIGURA

Ben Yedder é o melhor marcador da Ligue 1
Fonte: AS Mónaco

Wissam Ben Yedder – Sem a habitual companhia de Islam Slimani, o avançado francês pareceu muito confortável como único elemento  na frente de ataque do AS Mónaco. Forte na leitura dos vários momentos de jogo, soube recuar quando era preciso e conseguiu quase sempre segurar a bola em contextos mais complicados. As boas exibições de Gelson Martins, Keita Baldé e Golovin ajudaram também a que Ben Yedder pudesse assumir o estatuto de jogador-estrela neste encontro.

O FORA DE JOGO

Fonte: LOSC Lille

Christophe Galtier – É claro que não é capaz de controlar todos os infortúnios do jogo – nomeadamente as lesões de Ikoné e Yazici -, mas, ao contrário do jogo a meio da semana frente a este mesmo AS Mónaco (vitória do LOSC Lille por 3-0), esteve muito infeliz na abordagem ao encontro. Lançou Loic Rémy demasiado tarde na partida e tira Renato Sanches do jogo, numa altura em que o médio português estava a ser o melhor da equipa do LOSC Lille e aquele que mais procurava encontrar um rumo e criar novas linhas de passe para a turma visitante.

ANÁLISE TÁTICA – AS MÓNACO

A maior surpresa neste AS Mónaco foi mesmo a alteração tática implementada por Leonardo Jardim. Ao deixar Islam Slimani no banco de suplentes, o técnico português optou por montar a sua equipa num 5-2-3, com Rúben Aguilar e Gil Martins a darem profundidade nas laterais, Bakayoko e Golovin como únicos elementos no meio-campo e Gelson e Baldé no apoio a Ben Yedder, na frente de ataque. Todas as alterações acabaram por ter o sucesso desejado, já que quase todos os jogadores pareceram sentir-se confortáveis neste estilo de jogo. O AS Mónaco foi competente, ainda que tenham existido alguns espaços que poderiam ter sido melhor explorados nas costas da linha defensiva de três elementos, composta por Glik, Maripán e Jemerson. Janeiro pode ser a altura ideial para Leonardo Jardim reforçar este setor do terreno…

11 INICIAL E PONTUAÇÕES
Lecomte (7)
Jemerson (6)
Glik (7)
Maripán (6)
Rubén Aguilar (8)
Gil Dias (7)
Bakayoko (7)
Golovin (8)
Gelson Martins (8)
Keita Baldé (8)
Ben Yedder (8)

SUBS UTILIZADOS
Jean-Kévin Augustin (6)
Adrien Silva (-)
Islam Slimani (-)

ANÁLISE TÁTICA – LOSC LILLE

A formação comandada por Christophe Galtier não registou mudanças assinaláveis na sua forma de jogar. Alinhou no já habitual esquema de 4-2-3-1, com André e Soumaré no meio-campo, Ikoné como criativo e mais solto de tarefas defensivas, nas costas de Victor Osimhen, e Renato Sanches e Jonathan Bamba nas faixas a darem largura ao ataque do LOSC Lille. A equipa visitante acabou por ter apenas dois momentos mais positivos em todo o encontro e foram ambos no início das duas partes do encontro. Na primeira-parte, o melhor momento do LOSC Lille deu em golo (Osimhen aos 13′), na segunda-parte, o desfecho já não foi o mesmo, ainda que a equipa de Galtier tenha entrado pressionante em busca do golo do empate.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES
Mike Maignan (5)
Zeki Celik (7)
José Fonte (5)
Gabriel Magalhães (6)
Bradaric (6)
Benjamin André (5)
Soumaré (5)
Jonathan Ikoné (7)
Renato Sanches (7)
Jonathan Bamba (6)
Victor Osimhen (7)

SUBS UTILIZADOS
Yusuf Yazici (5)
Loic Rémy (5)
Luiz Araújo (5)

Foto de Capa: AS Mónaco

Comentários