ligue 1

Edison Cavani foi a contratação mais sonante a chegar ao Parque dos Príncipes para a época 2013/2014. Nasser Al-Khelaïfi continuou a investir no clube francês e, mais uma vez, sem mãos a medir: pagou 64,5 milhões de euros pelos serviços do avançado uruguaio.

O ponta-de- lança era a figura do Nápoles e veio para o clube milionário com o rótulo de monstro, de matador! E vinha com provas dadas. Na sua última época no clube italiano Cavani marcou 38 golos num total de 42 jogos divididos entre Serie A, Liga Europa, Supertaça de Itália e a TIM Cup, tendo sido coroado como melhor marcador da Serie A (2012/2013). O Paris Saint-Germain investiu num valor seguro; Cavani decidiu abraçar um projecto e elevar as suas ambições, principalmente nas competições europeias.

Cavani foi uma das contratações  mais sonantes do verão de 2013 Fonte: Getty Images
Cavani foi uma das contratações mais sonantes do verão de 2013
Fonte: Getty Images

No verão de 2013 o monstro sul-americano chegou a Paris deixando tudo e todos em sentido. Agora o Paris Saint Germain, só no ataque, tinha argumentos para deixar os guarda-redes adversários de bexiga apertada: Ibrahimovic e Cavani. Que dupla! Esperava-se dois dos melhores pontas-de-lança do mundo, matadores por natureza, assassinassem cada conjunto de redes e postes que lhes aparecesse à frente. Ibrahimovic cumpriu. Com pormenores fantásticos e com a sabedoria de toda uma carreira, leva 40 golos em 43 jogos na presente temporada. Cavani não se mostrou tão “matador” quanto se esperava. Pedia-se mais do que 22 golos em 39 jogos a um activo de 64,5 milhões de euros. A verdade é que não é fácil viver na sombra de Ibrahimovic, mas mesmo quando teve a oportunidades (sem o sueco) Cavani pouco mostrou. Com pequenas lesões a afectar o seu jogo, o uruguaio queixa-se de não conseguir encaixar no jogo de Blanc: “atualmente no PSG eu tenho de defender muito e vinha com uma ideia diferente do que seria o meu papel na equipa”, disse recentemente o n.º 9.

O que esperar de Cavani? Que se imponha? Uma saída no final da época? Quem irá cobrir o investimento feito pelo PSG? O avançado vinha para matar e pouco matou. Ibrahimovic continua a ser o rosto da equipa e nem a idade, nem a vinda de Cavani pareceram afectar o gigante sueco. O ex-jogador do Nápoles fala numa “revisão de papel na equipa” e já demonstrou interesse em jogar na Liga Inglesa. Será isso? Será que o futebol francês não é para Cavani? Encaixará Cavani num jogo mais físico e directo na melhor liga do mundo? Temos de esperar para ver. Esperemos que em breve Cavani confirme o rótulo de classe mundial com que veio do Nápoles. Ou no PSG ou noutro país. Agora aguardemos pelo Mundial. Vamos lá ver se Cavani consegue encaixar na selecção uruguaia ou se, à semelhança do que aconteceu com Ibra, Suaréz o vai remeter para um plano menor na equipa, sendo o goleador de serviço.

Comentários