Neymar é um dos melhores de sempre e dos poucos que ousa rivalizar com Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. Desde que começou a despontar com apenas 16 anos no Santos FC, em 2009, todas as temporadas tem feito mais e melhor. Com uma média verdadeiramente inacreditável, quer de jogos, assistências e golos, o internacional brasileiro de 27 anos, poderia terminar a carreira amanhã, que seria sempre um dos melhores de todos os tempos.

Com a característica ginga brasileira, o extremo tem partido lateral atrás de lateral ao longo da sua carreira, combinando uma capacidade de drible quase inigualável e uma visão de jogo, adquirida ao serviço do FC Barcelona, raramente vista. A verdade, é que é uma máquina e quando focado e espicaçado, ainda mais monstro se torna.

Curiosamente, devido ao estilo despreocupado e arrogante do brasileiro, a comunicação social chama-lhe de “pitéu”. É um alvo fácil de ataque (muito mais que Cristiano ou Messi), sobretudo desde a mudança para o Paris SG, em 2017 por 222 milhões de euros, o internacional tem sido massacrado. Devido ao aumento do número de lesões, aos falhanços na Liga dos Campeões e às polémicas fora das quatro linhas, a imprensa trata Neymar, como se fosse outro qualquer. Polémicas e revistas cor de rosa à parte, estamos a falar num craque, que soma 566 jogos oficiais e 352 golos marcados, com 27 anos…

Em duas épocas pelo Paris SG, Neymar fez 58 jogos e marcou 51 golos                                            Fonte: Paris SG

Pelos vistos, Neymar está de saída do Paris SG, após duas temporadas, onde ganhou tudo em França. Foram épocas desgastantes, porque foi contratado para manter a hegemonia em França, mas também para levar os parisienses à final da Liga dos Campeões e, fruto do acaso, o brasileiro lesionou-se sempre nos arranques das fases a eliminar da competição. Aliás, a sua vida em Paris nunca foi facilitada, sobretudo pelos media, que mandam sempre os seus palpites para o ar e, desde logo, começaram a falar em mau estar com as restantes estrelas do plantel (quando, é sabido, que o brasileiro é sempre um dos mais brincalhões e líderes de balneário), minando o ambiente à volta de Neymar e manipulando a opinião pública.

O brasileiro fartou-se e Tuchel falou abertamente na intenção de sair do jogador. Os dois destinos mais falados (até ao momento) são: regresso ao FC Barcelona; ingresso na constelação de estrelas da Juventus FC.

Desde o início, que os media tentam colocar Cavani e Neymar em lados opostos
Fonte: Paris SG

Quanto ao FC Barcelona, encaixaria que nem uma luva, naturalmente. Os colegas adoram-no, deixou um rasto de golos e exibições absolutamente impressionantes na Catalunha e seria um super reforço no ataque ao tri campeonato e à reconquista do troféu Europeu. Tem sido noticiado que Ousmane Dembélé e Philippe Coutinho foram oferecidos ao Paris SG, mais 40 milhões de euros, e que os franceses recusaram. Para além disso, os problemas ao fisco do brasileiro, poderão impedir o regresso a Espanha, tendo em conta que Neymar se arrisca a ficar sem 35 milhões de euros.

No entanto, nos últimos dias, tem sido noticiado que o pai de Neymar encetou diálogo com responsáveis da Juventus FC. Se a Vecchia Signora já tem um super plantel para conquistar novamente a Serie A e voltar a ser campeão da Europa, se conseguirem juntar a Neymar a Cristiano Ronaldo, Paulo Dybala, Gianluigi Buffon, Leonardo Bonucci, Matthijs de Ligt, Aaron Ramsey, Adrien Rabiot, etc, o mundo parará para ver os jogos da Juve versão 19-20.

Para já, a única verdade é que Neymar é do Paris SG e vai juntar-se agora à pré-época dos campeões de França, após debelada lesão que o afastou da Copa América. Vamos ver o que vai acontecer, sendo que o meu palpite, é a manutenção no Parc des Princes.

Foto de Capa: Paris SG

Comentários