Manchester City e Chelsea defrontam-se este sábado na jornada 13 da Premier League, pelas 17h30, naquele que é o prato forte desta ronda da liga mais apetecível do mundo. Os azuis de Manchester chegam a este jogo com o orgulho ferido, após a derrota com o líder Liverpool, que atirou o clube para fora do pódio e o deixou a nove pontos do primeiro lugar. O Chelsea está numa série de seis vitórias consecutivas no campeonato e aproveitou este deslize para ultrapassar o campeão em título, ascendendo assim ao último lugar do pódio.

Geograficamente separados por 289 kms, apenas um ponto os separa na tabela classificativa. Os azuis de Londres defrontam os azuis de Manchester, um duelo cuja história recente tem-se pautado pelo equilíbrio, apesar da última visita do Chelsea ao Etihad Stadium não trazer boas recordações para os londrinos. A 10 de fevereiro deste ano, em jogo a contar para a 26ª jornada da Premier League 2018/2019, o Manchester City cilindrou o Chelsea por 6-0, a maior vitória dos citizens sobre os blues. Ainda assim, no total dos jogos entre as duas equipas, o Chelsea leva a melhor com 67 vitórias, contra 56 do Manchester City.

EM QUAL DOS “AZUIS” É QUE VAIS APOSTAR? JÁ TENS RESPOSTA? ENTÃO É NA BET.PT QUE TENS DE DAR O TEU PALPITE!

Este é também o jogo que opõe o segundo e o terceiro melhores marcadores da Premier League, respetivamente Tammy Abraham e Sergio Agüero. Se estes jogadores são sinónimo de golos, o que dizer do registo de golos marcados de ambas as equipas? Atualmente, os citizens são a equipa com mais golos marcados em casa (19), ao passo que o Chelsea é a equipa com mais golos marcados fora de casa até ao momento (18). Números que demonstram que podemos esperar futebol de ataque e golos de ambas as partes, até porque não se aceitam mais deslizes que permitam ao Liverpool distanciar-se ainda mais no primeiro lugar da classificação.

O City goleou o Chelsea por 6-0 na última visita dos blues ao Etihad                                                 Fonte: Premier League

O City não tem tido um início de época fácil e Guardiola atravessa até o pior arranque da carreira, mas os adeptos dos citizens esperam uma exibição convincente e os três pontos, para recuperar pelo menos uma posição no pódio e continuar a perseguição ao líder. O treinador catalão deve fazer alinhar Ederson na baliza, já recuperado da lesão que o afastou do embate com o Liverpool, e apostar num quarteto defensivo composto por Kyle Waler, John Stones, Fernandinho e Mendy. O meio-campo deverá ser preenchido por De Bruyne, Gundogan e David Silva, três jogadores que asseguram qualidade na circulação de bola e índices de trabalho muito elevados. O trio de ataque estará entregue, muito provavelmente, a Mahrez, Sergio Agüero e Sterling. O grande ausente desta partida será Bernardo Silva, a cumprir a suspensão de um jogo imposta pela FA.

Do lado do Chelsea, Frank Lampard tem apostado em vários jogadores jovens que se têm destacado neste início de época, casos de Tomori, Mason Mount, Tammy Abraham e Pulisic. Enquanto Pulisic está em dúvida após ter contraído uma lesão ao serviço da seleção dos Estados Unidos, Mount e Abraham serão duas setas apontadas à baliza do City. Para além deles, Lampard deve apostar em Kepa na baliza e numa linha defensiva composta por Azpilicueta, Zouma, Tomori e Emerson Palmieri. À frente do quarteto defensivo, três médios todo-o-terreno, Kanté, Jorginho e Kovacic, no apoio ao tridente ofensivo composto por Mount, Abraham e Willian, caso Pulisic não recupere de lesão.

Nesta semana, a grande novidade em Inglaterra foi o despedimento de Mauricio Pochettino e a nomeação de José Mourinho como novo treinador do Tottenham, facto que irá dividir bastante os holofotes este fim-de-semana. De um lado, o regresso a Londres do treinador português mais bem-sucedido de sempre em Inglaterra, do outro, duas das melhores equipas do campeonato a jogarem entre si, separadas apenas por um ponto na classificação e sem margem para novos deslizes. É a Premier League no seu melhor.

Foto de Capa: Premier League

Comentários