Anterior1 de 3Próximo

A primeira parte começou com o Liverpool FC a assumir o controlo do jogo e a pressionar muito alto, mantendo-se fiel ao estatuto de favorito para esta partida. No entanto, apesar do controle das operações, a equipa de Jurgen Klopp apostou sobretudo nas bolas para as costas da defesa do AFC Bournemouth, com Salah e Firmino a serem muitas vezes solicitados, mas sem conseguirem assustar Begovic.

Ambas as equipas jogaram com pouca intensidade, acusando o desgaste dos jogos a meio da semana, num mês de Dezembro muito congestionado em termos de jogos. Os destaques do primeiro tempo vão para uma oportunidade flagrante de Brooks aos 23’, após uma excelente jogada de ataque da equipa da casa. Após várias combinações rápidas, o médio do Bournemouth ficou isolado dentro da área e disparou para uma defesa de grau elevado de Alisson.

Na resposta, aos 25’, o Liverpool chega ao golo num lance irregular de Salah. O lance começou com um remate de longe de Firmino, Begovic defendeu a custo, e na recarga Salah rematou para o fundo das redes. As imagens da repetição confirmaram que o egípcio partiu de posição adiantada em relação ao último defesa, de nada valendo os protestos (justificados) dos jogadores do Bournemouth.

Salah fez o primeiro da partida, em fora-de-jogo
Fonte: Premier League

Até ao intervalo, a equipa da casa subiu as linhas e chegou com algum perigo à área do Liverpool, sem contudo conseguir repor a igualdade no resultado.

A segunda parte arrancou praticamente com o segundo golo do Liverpool. Aos 47’, Firmino descobriu Salah no miolo e o egípcio cavalgou até à área contrária, aguentando a pressão de três adversários. O remate do avançado dos reds saiu algo enrolado e entrou caprichosamente no canto inferior direito da baliza de Begovic.

O segundo golo de Salah foi um rude golpe nas aspirações do Bournemouth, que já não conseguiu esboçar uma reação digna de registo. O Liverpool chegou ao terceiro num lance de infelicidade de Steve Cook, a desviar para a própria baliza um centro de Robertson proveniente do corredor esquerdo.

Os reds não tiraram o pé do acelerador e aos 77’, Salah selou o seu hattrick no jogo. Muito bem lançado por Lallana, o Egyptian King fez o que quis da defensiva do Bournemouth antes de rematar calmamente para o seu terceiro golo da tarde.

Mais um jogo sem sofrer golos por parte do Liverpool, que demonstrou todo o seu poderio ofensivo sem precisar de colocar muita intensidade no jogo. Com esta vitória, o Liverpool domina à condição a Premier League e espera agora por um desaire do Manchester City FC em Stamford Bridge.

 

AFC Bournemouth: Begovic, Francis, Cook, Aké, Daniels (Rico, 82’), Stanislas (Mings, 82’), Lerma, Surman, Fraser, Brooks (Mousset, 64’) e King.

Liverpool FC: Alisson, van Dijk, Robertson, Matip, Fabinho, Wijnaldum, James Milner, Keita (Lallana, 64’), Shaqiri (Mané, 64’), Firmino (Henderson, 80’) e Salah.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários