Após 100 anos, o Brasil terá outro jogador não nascido no país a defender a seleção brasileira. O meia do Manchester United, Andreas Pereira nasceu na Bélgica, mas cresceu na Holanda e vive há 7 anos na Inglaterra. Filho de pais brasileiros, o jogador chegou a defender as seleções de base da Bélgica, mas nunca escondeu que se tivesse oportunidade de defender a seleção brasileira não iria desperdiçar a chance.

Andreas Pereira nasceu na Europa pois o seu pai, Marcos Pereira, que também era jogador, atuava na Bélgica na época do seu nascimento. A decisão de atuar pelo Brasil foi fácil para o jogador. O brasileiro nunca se sentiu belga e alega ser visto como um estrangeiro no país e ama as coisas brasileiras, como as músicas e as comidas. O jogador teve que enviar uma carta à FIFA para declarar a sua intenção de defender o Brasil, uma vez que já havia atuado pelas seleções de base da Bélgica.

A seleção brasileira já teve três jogadores que não nasceram no país. São eles:

– Sidney Pullen: Atacante que nasceu na Inglaterra, mas a sua mãe era brasileira. Defendeu o Brasil no Campeonato Sul-Americano em 1916;

– Casemiro do Amaral: Goleiro que nasceu em Portugal e atuou pelo Brasil em 1916 e 1917;

– Francisco Police: Atacante que nasceu na Itália e disputou um amistoso contra o extinto Dublin-URU, em 1918.

A primeira convocação de Andreas Pereira para a seleção brasileira principal ocorreu na semana passada. O meia foi convocado por Tite para os amistosos do Brasil contra os Estados Unidos e El Salvador. Muitos veem nessa convocação uma tentativa de “prender” o atleta na seleção brasileira e assim diminuir as chances de o jogador voltar a defender a seleção belga.

Andreas Pereira disputou a Copa do Mundo sub-20 pelo Brasil
Fonte: CBF

Vale ressalvar que, mesmo que entre em campo nos amigáveis, o atleta ainda poderá atuar, se for da sua vontade, pela Bélgica. Pois os jogos não são numa competição oficial e sim amigáveis. O avançado Diego Costa, por exemplo, chegou a defender o Brasil num amigável, mas posteriormente decidiu defender a seleção espanhola.

Andreas Pereira é um ótimo médio e tem tudo para vingar, tanto no Manchester United como na seleção. O atleta também atuar como atacante. O jogador que estava emprestado para o futebol espanhol nas duas últimas temporadas, empréstimo para o Granada e Valência, foi bastante elogiado pelas as suas atuações.

As suas aparições em campo foram tão boas que o treinador do Manchester United, José Mourinho, fez questão de aproveita-lo nessa época. Andreas sabe explorar a velocidade que possui junto com a sua habilidade e gosta do 1 contra 1. Nesse início de temporada tem ganhado algum espaço na equipe inglesa e aos poucos está sendo utilizado pelo treinador português. Seu contrato com o Manchester expira em junho de 2019 e uma renovação já é discutida.

 

Foto de Capa: Manchester United FC
Artigo revisto por: Vanda Madeira Pinto

Comentários