Após duas derrotas em duas jornadas, Unai Emery começava da pior forma a sucessão aos 22 anos de Arsène Wenger enquanto treinador dos ‘gunners’, após desaires frente a Manchester City FC e Chelsea FC. Daí para cá, o técnico espanhol nunca mais perdeu: 14 jogos oficiais, 12 vitórias e dois empates (sete vitórias e dois empates na Premier League, estes nas últimas duas partidas; três vitórias na Liga Europa e mais dois triunfos na Taça da Liga inglesa).

O treinador espanhol tem subido a pulso na carreira e começou a afirmar-se cada vez mais no futebol europeu e mundial, sobretudo depois de, entre 2013 e 2016, ter vencido três edições consecutivas da Liga Europa ao serviço do Sevilha. Nas duas últimas temporadas, ganhou tudo o que havia para ganhar internamente pelo Paris Saint-Germain, mas falhou no maior sonho dos parisienses: a conquista da Liga dos Campeões. Com passado como jogador de futebol e com ascendentes familiares ligados à modalidade, Unai iniciou a sua carreira de treinador no Lorca Deportiva, passando posteriormente por Almería e Valencia.

O grande desafio atual no emblema londrino é voltar a tornar o Arsenal num sério candidato a vencer a Premier League. Sem erguer o troféu desde 2004, os ‘gunners’ deixaram de ser credíveis para assumir tal candidatura ao longo dos últimos anos.

Arsenal é talvez o maior desafio da carreira de Unai Emery
Fonte: Arsenal FC

Com Aubameyang bem no topo da lista dos goleadores, a par de Hazard, do Chelsea, e Agüero, do Manchester City,- todos com sete golos- o Arsenal tem o terceiro melhor ataque do campeonato, atrás de Manchester City (33) e Chelsea (27), com 25 golos marcados. No sentido inverso, os londrinos sofreram 14 tentos e estão longe de ser uma das melhores defesas. É essa instabilidade que pode constituir alguma espécie de travão nos intentos da equipa de Unai Emery.

Anúncio Publicitário

Impossível deixar de fora o facto de o Arsenal disputar a Liga Europa, competição predileta do seu treinador. Esta quinta-feira, o Arsenal recebe o Sporting e quererá fazer esquecer os últimos dois empates para o campeonato.

Foto de capa: Arsenal FC

Comentários