O dia seguinte ao Natal reserva a todos os amantes da Premier League, um lugar no sofá para assistir ao “melhor futebol do mundo”. A 19.ª jornada do campeonato, trará com certeza embates interessantes, com dois jogos de cartaz, treinadores por estrear e muita emoção à mistura.

SEGUNDO E PRIMEIRO CLASSIFICADO ENCONTRAM-SE NESTA JORNADA! A PRENDA DE NATAL DE TODOS OS AMANTES DE FUTEBOL CHEGA COM O BOXING DAY. UMA VITÓRIA DOS RAPAZES DE KLOPP VALE 20€ POR CADA 10€ APOSTADOS. JÁ UMA VITÓRIA DO LEICESTER CITY FC VALE 30€. E AGORA?

O primeiro jogo do Boxing Day coloca frente a frente, o Tottenham HFC ao Brighton & Hove Albion FC. A jogar em casa e com um histórico favorável (três vitórias nos últimos cinco confrontos com os seagulls) os comandados de José Mourinho são naturalmente favoritos, mas neste campeonato, tudo é possível. Do outro lado, está uma das equipas que mais me impressionou esta época, conseguindo manter-se afastada dos lugares de despromoção, apesar de não ter nenhuma “estrela”.

O Aston Villa FC vs Norwich City FC, apesar de ainda estarmos numa fase prematura da temporada, pode representar vitalidade nesta luta de “aflitos” pela permanência. Os villans não vencem para a Premier há cerca um mês, quando derrotaram o Newcastle no Villa Park. Apesar do bom plantel que têm, existe a necessidade de traduzir a qualidade em pontos, e o embate com a equipa do “matador” finlandês, Teemu Pukki, será com certeza, um excelente desafio.

Anúncio Publicitário

Depois temos uma cara nova nos bancos. O Arsenal FC desloca-se mais a sul para defrontar o AFC Bournemouth. Expectativas elevadas, em Mikel Arteta, por parte dos gunners, que esperam que o basco seja tão útil a treinar, como o foi dentro das quatro linhas. Os cherries são das poucas equipas que ainda aplicam o “antigo estilo” do futebol britânico, tendo começado bem a época, apesar do fulgor perdido nos últimos jogos. Ainda assim, a probabilidade de terem sucesso é maior a jogar com os ditos “grandes”.

O jogo seguinte carateriza-se pelos objetivos opostos. O Chelsea FC de Frank Lampard, renovado, feliz e na perseguição a citizens (3.º) e a foxes (2.º), recebe o Southampton FC, na primeira posição acima da linha de água. Será a equipa de Cédric Soares capaz de travar os blues, que apesar de apresentarem um futebol agradável, ainda são algo inconsistentes?

John Fleck é a alma do Sheffield, Billy Sharp é o símbolo do clube
Fonte: Sheffield United FC

À mesma hora, uma partida entre plantéis de valia idêntica, a meu ver. O Crystal Palace FC opõem-se ao West Ham UFC. Duas equipas orientadas por homens da “velha escola”. De um lado, Roy Hodgson procurará certamente, manter o clube longe da zona de perigo, enquanto que do outro, Manuel Pellegrini tentará convencer Yarmolenko, Felipe Anderson e Haller, que o seu lugar não é no 16.º posto.

Posteriormente, mais uma estreia. Desta vez, é a do “papa-títulos”, Carlo Ancelotti, na cadeira que fora de Marco Silva. O Everton FC abre as portas ao Burnley FC. Os clarets, por sua vez, são dos conjuntos que mais aprecio. Considerada pelos analistas, como uma das equipas mais “rudimentares” da Premier League, vejo na sua forma de jogar uma simplicidade pragmática e eficaz, que os coloca na 10ª posição.

E se a surpresa da temporada passada foram os wolves, esta tem sido o Sheffield United FC. Eu não teria muita vontade de defrontar aquele meio campo puramente britânico, com a força de um trator. Penso que também será este o receio do Watford FC, que é o “lanterna vermelha” da competição.

Após perder com o último classificado, será o Manchester United FC capaz de oferecer um presente aos seus adeptos no Boxing Day? Para isso terão de ultrapassar o Newcastle UFC. Uma equipa com muita arte na frente (nos pés de Almirón e de Saint-Maiximin) e pouca solidez defensiva.

Finalmente, um dos jogos de cartaz da jornada. O Leicester City FC recebe o “super líder”, Liverpool FC. Um jogo que qualquer adepto do bom futebol não pode perder. Dois grandes treinadores, dois enormes plantéis. Qualidade, irreverência, velocidade. Até hoje, os reds têm sido a melhor equipa, mas os comandados de Brendan Rodgers prometem dar luta até ao fim.

E para concluir esta jornada sempre especial, no dia 27, os wolves recebem o Manchester City FC no Molineux. A “armada portuguesa” dispensa apresentações, e espera voltar a “roubar” pontos ao campeão em título como aconteceu em outubro. Os citizens, apesar de Guardiola ter praticamente “atirado a toalha ao chão”, não irão certamente abdicar do campeonato para se concentrarem noutras competições.

Foto de Capa: Premier League

Revisto por: Jorge Neves