Anterior1 de 9Próximo

Cabeçalho Futebol InternacionalPapéis de embrulho amarrotados e lacinhos correspondentes ajudam as iluminações de ruas e casas, como que a confirmar dias de felicidade, magia e encantamento que a época traz. Confirma-se, foi Natal. Mas ainda falta algo.

Dentro das casas britânicas há um burburinho exacerbado. E sente-se a presistência da magia da época. O Natal não acabou a 25 de Dezembro. Ainda há uma tradição a cumprir! Pais e Mães preocupam-se com os agasalhos dos filhos, que não se importam de adiar 3 ou 4 horas de atenção aos novos brinquedos. Afinal, hoje é dia de ir ao estádio ver a bola. Hoje há Boxing Day.

E com ele, a esperança. A esperança dos adeptos do Palace em ver a sua equipa “atinar” após duas derrotas consecutivas e uma chicotada psicológica (saiu Pardew, entrou Allardyce). A esperança dos adeptos do United em ver a equipa aproximar-se da zona do “top 4”. A esperança, também, dos adeptos do Chelsea, no alcançar de um recorde de vitórias seguidas inédito na sua história.

De norte a sul de Inglaterra, essa esperança esteve nos estádios, alimentado por doses enormes de magia. Nuns ficou, noutros foi-se embora… mas prometeu voltar.

Anterior1 de 9Próximo

Comentários