Cabeçalho Liga Inglesa

Seis vitórias nos últimos seis jogos. É este o cartão de visita do Sheffield de Semedo, Marco Matis e especialmente… Carlos Carvalhal. O técnico vai na sua segunda época ao leme da equipa de Inglaterra e está, novamente, nos play-offs de acesso ao principal escalão inglês.

Depois de no ano passado terem morrido na praia na final contra o Hull City, os Owls voltam a estar presentes na fase decisiva, e muito devem ao ex-treinador do Sporting.  Depois de na época anterior as expectativas terem sido superadas, o clube aumentou o investimento, contratou alguns jogadores com muita qualidade e experiência, e os resultados não se fizeram esperar.

A uma jornada do fim da época regular, os comandados de Carvalhal ocupam o 4.º lugar, ainda com hipóteses de ultrapassar o Reading, 3.º com mais um ponto. A subida de posto poderia ser importante, uma vez que permitiria disputar a meia-final do play off com o 6.º lugar, à partida mais acessível – embora o Championship seja de um equilíbrio tremendo.

Neste momento, Brighton e Newcastle já garantiram a subida de divisão, restanto o Reading, o próprio Sheffield, o Huddersfield e o Fulham. Fazendo uma breve comparação de plantéis, o conjunto orientado por Carlos Carvalhal parece ser o mais apetrechado em termos de experiência, o que nesta fase, poderá ser um tónico importante para fazer a diferença.

Anúncio Publicitário

Os adeptos do clube de Yorkshire voltam a sonhar, isto depois da desilusão de Wembley na época passada. Para Carlos Carvalhar, pode ser o culminar de um trabalho muito positivo, e poderá juntar-se a Marco Silva – contando com a permanência do Hull na Premier – e Mourinho, em mais um claro atestado de competência ao treinador português. Já sabemos… “Carlos have a dream”, e sonhar não custa.

Foto de capa: Sheffield Wednesday

Comentários