Na última segunda-feira o Newcastle anunciou que Rafa Benítez deixará o clube no dia 30 de junho (domingo), dia em que expira o seu contrato. No comunicado, referiram também que trabalharam arduamente para renovar o seu contrato mas que não chegaram a um acordo. As reações por parte dos adeptos foram dos adeptos foram maioritariamente negativas, culpabilizando a má gestão por parte do atual dono do clube, Mike Ashley.

Depois do comunicado da saída de Rafa Benítez, o nome de José Mourinho como possível treinador, foi novamente falado por todos os meios de comunicação. No ano passado o próprio assumiu o gosto pelo clube de Newcastle: “Gosto de ir lá. Gosto do sentimento de ir à “casa” do senhor Robson. Gosto deste sentimento, gosto do estádio e da atmosfera. São adeptos muito entusiasmantes.”

A 11 de fevereiro de 2018, Rafa Benítez no comando do Newcastle derrota (1-0) o Man. United de José Mourinho
Fonte: Premier League

Tal pode acontecer caso sejam oferecidas boas condições a José Mourinho, para assim conseguir lutar pelos lugares cimeiros da Premier League, e claro está, por títulos. E segundo o jornal “Mirror” o multimilionário Khaled Bin Zayed Al Nahyan, primo do atual dono do Manchester City, estará a preparar uma proposta milionária para adquirir o Newcastle, e assim ter a possibilidade de construir uma equipa de luxo, sob as ordens do treinador José Mourinho.

Mais recentemente o treinador português, em declarações à Eleven Sports, admitiu: “Quero experimentar novas competições e penso num Mundial ou Europeu. Já tenho já muito o desejo de experimentar algo assim. E neste momento vejo-me mais numa seleção do que num novo clube.”

Sendo assim fica tudo numa incógnita e sem certezas de nada mas uma coisa é quase certa: José Mourinho não vai arriscar ir para um clube com uma direção instável a nível emocional e financeira.

Foto de Capa: Manchester United

Comentários