A história não é nova e tem-se repetido nas últimas épocas. O Newcastle United FC arrancou a época de forma titubeante e, apesar de ter mais pontos nesta altura do que na época anterior, está nos lugares de despromoção e marcou apenas cinco golos em nove jogos. O portal de estatísticas de futebol FiveThirtyEight aponta que há 34% de probabilidade dos Magpies descerem de divisão, sendo apenas suplantados pelo Watford FC (45%) e pelo Norwich City (51%).

O clube do norte de Inglaterra é neste momento o pior ataque da Premier League, a par do lanterna vermelha Watford, e é também a segunda equipa menos rematadora, com apenas 81 remates. Neste capítulo, só o Wolves de Nuno Espírito Santo tem menos remates (80).

Ao fim de oito jornadas a equipa de Steve Bruce encontra-se no 18º lugar da Premier League e esta semana chegaram mais dores de cabeça para o técnico inglês, com as lesões de Andy Carrol, recentemente recuperado de um problema grave no tornozelo, e Fabian Schar, o elemento em melhor forma neste início de época. Ainda assim, Dwight Gayle, contratado ao West Bromwich Albion após ter faturado 24 golos na temporada transata, recuperou recentemente de lesão e é um reforço de peso para o ataque dos Magpies. Apesar dos rumores que dão conta de um eventual regresso à sua antiga equipa, a lesão de Andy Carrol abriu espaço a Gayle para se afirmar no ataque do Newcastle e Steve Bruce já declarou que espera muito do avançado.

O Newcastle marcou apenas cinco golos na Premier League esta época
Fonte: Newcastle United

A verdade é que é no ataque que a equipa de Steve Bruce tem sentido dificuldades e isso vê-se no facto de apenas ter conseguido duas vitórias em nove jogos, ambas pela margem mínima. A juntar a isto, Joeliton, jogador que chegou este verão proveniente do Hoffenheim por 45 milhões de euros, tarda em adaptar-se e confirmar o estatuto com que aterrou em Newcastle. Neste momento já se fala na chegada por empréstimo de Iheanacho em janeiro, jogador que tem sido muito pouco utilizado no Leicester City e que é visto como alguém que pode resolver os problemas de finalização da equipa.

Por fim, esta seca de golos que a equipa atravessa ajuda, e muito, a explicar a inconstância constante do Newcastle: a derrota com o Norwich City e o empate com o Watford, equipas que estão nos últimos lugares da Premier League, contrapõem as vitórias surpreendentes frente a Manchester United e Tottenham Hotspur. A equipa de Steve Bruce tem tido um desempenho irregular e precisa de mais consistência e mais acerto no ataque, até porque atravessa agora um ciclo de quatro jogos frente a adversários teoricamente acessíveis, antes do confronto com o Manchester City. Se até aí conseguir pontuar e sair da zona de despromoção, seguramente a probabilidade de descida será menor do que é neste momento.

Foto de Capa: Premier League

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários