Cabeçalho Futebol Internacional

A poucas semanas de terminar a época desportiva a nível de clubes, é altura de olhar para uma das competições mais emocionantes que se disputam no panorama do futebol mundial e para a forma como se poderá desenhar o tão cobiçado top four no final da competição.

Até ao momento segue destacado na primeira posição da Liga o Chelsea, que, com sete pontos de avanço para o segundo Tottenham, se assume cada vez mais como principal favorito à conquista da competição. No que resta do pódio estão os Spurs, que, até ao momento, e com menos um jogo do que o terceiro classificado, Liverpool, têm para este uma vantagem de cinco pontos. Depois destes seguem o Manchester City, com 61 pontos, mais quatro do que o United, que segue com três pontos de vantagem sobre o sexto classificado, Arsenal.

Nesta altura da competição, mais importante do que olhar para o que ficou para trás torna-se olhar e perspetivar como se poderão desenrolar as próximas jornadas para estes seis clubes, começando pelo primeiro classificado, Chelsea.

De todos eles, os blues são os que até ao final da competição parecem ter dos calendários menos atribulados. Apesar de defrontarem na próxima jornada o United de José Mourinho, nas semanas seguintes terão pela frente equipas como o Southampton, o Everton, o Middlesbrough, o West Bromwich, o Watford e o Sunderland. À exceção do jogo fora com o Everton, nenhum destes jogos deverá apresentar ao Chelsea de Conte grandes dificuldades, tendo em conta que, neste momento, os de Londres se têm mostrado absolutamente imunes às dificuldades a eles impostas pelas equipas tidas como menos complicadas da Liga. Estará por isso a via para o primeiro lugar da classificação e para o título aberta ao Chelsea.

Anúncio Publicitário
O Chelsea está muito bem lançado para voltar a vencer a Premier League. É primeiro com mais sete pontos que o Tottenham Fonte: Chelsea FC
O Chelsea está muito bem lançado para voltar a vencer a Premier League. É o primeiro classificado, com mais sete pontos que o Tottenham
Fonte: Chelsea FC

Olhando agora para o Tottenham, equipa que ao longo dos últimos anos se tem afirmado como a nova potência inglesa e que tem sido presença habitual nas últimas lutas pelo topo da tabela classificativa, percebe-se que acontece precisamente o contrário do que aquilo que acontece com o Chelsea. A equipa de Pochettino terá de defrontar nas jornadas que se avizinham o Leicester, campeão em título da Premier League e em crescendo de forma, o Arsenal em casa, o West Ham fora, o Manchester United em casa e o Hull City de Marco Silva de novo fora, que também se encontra numa fase de crescimento, motivada pela recente saída da zona de despromoção, para além da deslocação ao terreno do Crystal Palace e da receção ao Bournemouth. São, por isso, esperadas para o Tottenham bastantes dificuldades, pelo que assim se torna cada vez mais provável a conquista do título por parte do Chelsea, que tem até ao momento como principal concorrente no campeonato os vizinhos de Londres.

Foto de Capa: Facebook Oficial da Premier League