Cabeçalho Liga Inglesa

No jogo inaugural da jornada 8 da Premier League, o Chelsea – clube que na temporada passada entregou ao Leicester a coroa de campeão dos quais os Foxes são detentores – recebeu e venceu a equipa de Ranieri por uns enfáticos 3-0.

Dando continuidade ao seu bom momento de forma, Diego Costa abriu o marcador logo aos 7 minutos, na sequência de um canto da direita desviado ao primeiro poste por Matic. O segundo golo do encontro chegou por intermédio de Hazard, com o belga a contornar Kasper Schmeichel e a empurrar para o 2-0. O Leicester não mostrou grandes argumentos para contrariar a superioridade Blue, e com alguma naturalidade os homens comandados por Conte chegaram ao 3-0, depois de um excelente lance de envolvimento entre Nat Chalobah e Victor Moses, que culminou com o internacional nigeriano a fazer o 3-0.

Segunda vitória consecutiva para o Chelsea, que com o seu segundo triunfo consecutivo ascendeu ao 5.º posto da Premier League, ficando apenas a 3 pontos do 1.º classificado, o City, que não foi capaz de ir além de um empate a uma bola na recepção ao Everton.

Os Blues apanharam o City na liderança Fonte: Chelsea FC
Os Blues apanharam o City na liderança
Fonte: Chelsea FC

Depois de 2 desaires consecutivos frente a dois rivais directos, Liverpool e Arsenal, o Chelsea tem mostrado argumentos para uma boa primeira temporada do recém-chegado Antonio Conte, ainda que falte ao antigo técnico da Squadra Azzura alguma experiência que lhe permita bater-se mais eficazmente contra os principais emblemas da Premier League.

Anúncio Publicitário

Com inteira justiça, N’Golo Kante foi eleito o melhor jogador em campo, tendo dado a oportunidade ao seu antigo clube, o Leicester, de sentir na pele a sua intensidade e capacidade de trabalho defensivo. Excelente no posicionamento, o médio francês, para além de uma impressionante capacidade de estar no sítio certo à hora certa, exibiu eficácia no momento do passe, que foi sempre criterioso e que muitos problemas causou ao meio-campo montado por Ranieri, como no lance do 3-0 a favor dos homens da casa.