O meu artigo desta semana é sobre uma das sensações da Premier League, o Everton. A equipa comandada pelo espanhol Roberto Martínez ocupa atualmente o 5º lugar da classificação, com os mesmos pontos do Chelsea (4º), a apenas dois pontos da liderança.

Os toffees são mesmo a equipa menos batida do campeonato, com apenas uma derrota naquele que é para mim o mais difícil terreno de visitar, o Etihad Stadium. É ainda de realçar que já ganharam a equipas como Chelsea e United e empataram com Tottenham, Liverpool e Arsenal.

Para mim, quem merece o mérito deste excelente início de época é Roberto Martínez. O espanhol teve a árdua tarefa de substituir David Moyes como manager da equipa de Liverpool e a verdade é que tudo lhe corre de feição. O futebol praticado em Goodison Park é extremamente atrativo e isso muito se deve ao misto de experiência e juventude no plantel.

Roberto Martínez, treinador do Everton
Roberto Martínez, treinador do Everton / Fonte: premierleaguebrasil.com.br

Na baliza, os toffees têm o experiente Tim Howard, que demonstra uma grande qualidade entre postes. Por sua vez, na defesa, têm um dos melhores laterais esquerdos da Premier League, Leighton Baines. Diria mesmo um dos melhores do mundo. É uma das estrelas da equipa, assegurando um jogo brilhante em toda a ala, dando ainda qualidade no que toca às bolas paradas. Diz-se que o inglês já é reforço do United.

No resto da defesa, Jagielka é a principal figura a defender, acompanhado por Distin e ainda Coleman. O galês encontra-se numa forma assombrosa, oferecendo não só qualidade a defender mas apoiando consecutivamente no ataque.
No miolo do terreno, o Everton substituiu Fellaini por Barry, assegurando um reforço de peso para garantir o controle do meio-campo. Também os experientes Pienaar e Osman são valores seguros, que sabem temporizar muito bem o jogo e conseguem partir muito bem para o ataque. Contudo, Ross Barkley, com 20 anos, vai sendo a surpresa da equipa, passando cada vez mais de promessa a certeza. É um jogador a seguir com atenção.

Na posição mais avançada do terreno, Lukaku é o ponta-de-lança fixo e o goleador de serviço, tendo já apontados 8 golos. Para o apoiar, os jogadores em destaque são Mirallas e Deulofeu, provavelmente os jogadores mais tecnicistas do plantel.

Jogadores do Everton
Jogadores a festejar o golo de Coleman frente ao Swansea / Fonte: bbc.co.uk

Roberto Martínez não só conseguiu dotar a equipa de um futebol bonito, como adaptou muito rapidamente todo o plantel às suas ideias. É um treinador convicto de que é na posse de bola e no jogo de passe curto que residem os segredos para controlar os jogos.

Com os títulos da League One e da FA Cup no bolso, o espanhol vai deixando a sua marca na Liga Inglesa. Só resta perceber o que mais podemos esperar de um treinador que fez história no Swansea e no Wigan. Veremos se consegue voos mais altos no Everton.

Comentários