A CRÓNICA: PRIMEIRA PARTE “A TODO O GÁS”, SEGUNDA A GERIR

Depois de ter estado a perder no campo do Middlesbrough, no primeiro jogo, o Tottenham conseguiu empatar essa partida e forçou a repetição do encontro, tal como mandam as regras da FA Cup. A entrada “de sonho” dos “Spurs” no segundo jogo facilitou uma missão que podia ter sido complicada, dada a imprevisibilidade e a alma que as equipas dos escalões inferiores sempre demonstram nestes jogos a eliminar.

Dois golos nos primeiros quinze minutos, apontados pelos argentinos Lo Celso e Lamela, respetivamente, frutos de dois erros da formação do “Boro”, trouxeram conforto à exibição dos londrinos. Se o Tottenham podia cometer o erro de adormecer perante esta vantagem, a verdade é que nunca baixaram a intensidade de jogo e tiveram mesmo mais algumas oportunidades para fazer golo antes do intervalo, mas o 2-0 permaneceu. Na segunda parte, os “Spurs” tentaram gerir o esforço e acalmar um pouco o ritmo de jogo, mas nunca perderam a concentração nem deixaram de ir em busca do golo. Ainda assim, o número de oportunidades para os londrinos marcarem diminui, e em oposição, as oportunidades para o “Boro” foram aumentando.

Foi numa destas oportunidades que os jogadores de Jonathan Woodgate conseguiram reduzir a desvantagem, por Saville, a sete minutos do fim. No entanto, foi tarde demais, e o Tottenham acabou por se agarrar à vitória e, assim, segue para a quarta eliminatória da Taça de Inglaterra.

Anúncio Publicitário

A FIGURA

Fonte: Tottenham Hotspur FC

Erik Lamela – Exibição de “primeira água” do extremo argentino, que marcou um golo e podia ainda ter somado mais um par de tiros certeiros. Sempre a mostrar-se ao jogo e a combinar com os restantes elementos ofensivos, nunca teve posição fixa, o que abonou a seu favor. Uma menção honrosa também para Lo Celso, que numa semana onde se fala de um possível reforço do meio-campo dos “Spurs”, mostrou a José Mourinho que é uma opção muito válida.

O FORA DE JOGO

Fonte: Middlesbrough FC

Tomas Mejías – Ofereceu o primeiro golo ao Tottenham e, a partir daí, nunca transmitiu segurança ao resto da equipa. Protagonizou uma boa intervenção na segunda parte, após remate em curva de Eriksen, mas as restantes intervenções, sobretudo com os pés, revelaram uma tremenda falta de confiança, que se alastrou ao resto dos jogadores do “Boro”.

ANÁLISE TÁTICA – TOTTENHAM HOTSPUR FC

Imagem de marca deste Tottenham de José Mourinho, o 4-2-3-1 voltou a ser o esquema escolhido para dispor o 11 inicial do técnico português. Apesar de Tanganga, pela direita, não ter aparecido muitas vezes em terrenos adiantados, as constantes subidas de Sessegnon, pela esquerda, aliadas às brilhantes exibições de Lamela e Lo Celso, foram fatores chave para o bom desempenho dos “Spurs” neste encontro. Os dois argentinos, a par de Lucas Moura e Eriksen, formaram uma frente de ataque muito móvel, com constantes trocas de posição e, consequentemente, deixando a cabeça dos defesas adversários “à roda”. 

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Paulo Gazzaniga (5)

Japhet Tanganga (7)

Davinson Sánchez (6)

Jan Vertonghen (6)

Ryan Sessegnon (6)

Eric Dier (6)

Harry Winks (6)

Giovani Lo Celso (7)

Christian Eriksen (6)

Erik Lamela (8)

Lucas Moura (6)

SUBS UTILIZADOS

Son Heung-Min (6)

Dele Alli (6) 

ANÁLISE TÁTICA – MIDDLESBROUGH FC

Com uma formação claramente defensiva e a procurar não sofrer, dispostos em 5-3-2, os planos de Jonathan Woodgate sofreram dois reveses nos primeiros 15 minutos. As dificuldades em reagir foram evidentes e a única maneira que o “Boro” encontrou para incomodar (muito pouco) a defesa contrária foi o jogo direto, fazendo-se valer do poderio físico dos seus dois avançados, Fletcher e Nmecha, que estão habituados aos duros confrontos do Championship. A intervenção dos três homens do meio-campo foi praticamente nula, o que dificultou a ligação de jogo e não permitiu a criação de oportunidades através de jogo apoiado.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Tomas Mejias (5)

Djed Spence (5)

Jonathan Howson (6)

Paddy McNair (5)

Dael Fry (6)

Marvin Johnson (6)

Adam Clayton (6)

Ben Liddle (5)

Lewis Wing (5)

Lukas Nmecha (6)

Ashley Fletcher (6)

SUBS UTILIZADOS

George Saville (7)

Marcus Tavernier (6)

Rudy Gestede (6)

Foto de Capa: Tottenham Hotspur

Revisto por: Jorge Neves

Comentários