A época de sonho que o Manchester City de Guardiola vinha a protagonizar, até então, sofreu um duro revés na última noite após ser eliminado aos pés da modesta equipa do terceiro escalão inglês, Wigan.

A equipa que lidera a tabela da Premier League nesta altura não conseguiu desbloquear o jogo ainda na primeira parte e a expulsão da Fabian Delph um pouco antes de as equipas recolherem aos balneários, prometia dificultar a vida ao Manchester City. A expulsão provocou momentos de maior alvoroço no DW Stadium com os protagonistas a serem o treinador do Wigan, Paul Cook, e o treinador do Manchester City, Guardiola, onde foram trocadas algumas palavras exacerbadas. Paul Cook era nitidamente o homem mais nervoso depois de o primeiro critério disciplinar do arbitro ter apontado “apenas” para um cartão amarelo perante a entrada perigosa de Delph. As escaramuças estenderam-se para o túnel de acesso aos balneários onde apenas a presença dos seguranças e de vários elementos de ambas equipas impediu que algo de mais grave acontecesse.

Prometido é devido, apesar da equipa de Manchester ter vindo dos balneários com uma atitude dominadora e com vontade de resolver as coisas ainda no primeiro jogo, as reais oportunidades de golo foram poucas e foi já numa altura de sufoco perante a baliza do Wigan que surgiu o contra-ataque que destacou na frente o avançado norte-irlandês, Will Grigg( Sim, o Will Grigg celebrizado pelo cântico no Euro 2016) que com frieza e potência marcou um grande golo e sentenciou a equipa de Guardiola a despedir-se da FA Cup, é caso para dizer que o Manchester City saiu deste jogo terrified  .

Guardiola viu esfumar-se a hipótese de fazer o pleno de títulos em Wigan
Fonte: FA

No final houve ainda tempo para uma invasão de campo à antiga onde se assistiu a uma confraternização saudável e bonita de se ver entre os adeptos do Wigan e os seus mais recentes heróis que não se renegaram a participar na festa dos adeptos. Destaque também para o jogador português Bernardo Silva que apesar de não ter feito um grande jogo, foi na minha opinião o melhor jogador do City em campo.

Anúncio Publicitário

A FA Cup permanece assim sendo uma competição em falta para Guardiola ganhar com o seu Manchester City, a mais antiga competição de futebol certamente que seria uma boa adição para o palmarés do treinador espanhol, por agora o treinador espanhol terá que se “contentar” com a Liga Inglesa e a Liga dos Campeões onde o Manchester City tem legitimas aspirações de conquistar ambas, a FA para já fica “arrumada” até à próxima época e o sonho do Wigan prossegue, agora muito mais reforçados por terem eliminados os prováveis futuros campeões ingleses.

Foto de capa: Wigan Athletic FC

Comentários