Cabeçalho Liga Italiana

O final de tarde de sábado ficou marcado pela partida mais mediática da 21ª jornada da liga italiana. Em San Siro subiram aos relvados o terceiro (Napoli) e o quinto classificado (AC Milan) para um jogo marcado por um futebol atraente e com bastantes oportunidades. A equipa da casa a precisar de vencer para se aproximar dos lugares do pódio, entrou a dormir no jogo. Dries Mertens sai em contra-ataque rápido em direção à baliza do Milan, desmarca Lorenzo Insigne que, já dentro de área, faz um remate exímio para o fundo das redes.

Apenas três minutos depois, Callejon ampliou a vantagem para 0-2, num lance em que Gianluigi Donnarumma poderia ter feito melhor. O coletivo do técnico italiano Montella, atrás do resultado, começou a disputar a bola de forma mais agressiva que originou algumas cartolinas amarelas. Perto da meia hora, a equipa visitante esteve perto de fazer mais um golo após remate de Dries Mertens. Em resposta a este lance, os “Rossoneri” reduziram o resultado para 1-2 já na entrada para o intervalo. Juraj Kucka aproveitou a grande oportunidade que teve na área para fuzilar da melhor forma a baliza de Pepe Reina.

Equipa Milanesa trabalhou bem no segundo tempo, mas não conseguiu igualar a partida Fonte: AC Milan
Equipa Milanesa trabalhou bem no segundo tempo, mas não conseguiu igualar a partida
Fonte: AC Milan

No segundo tempo, o emblema vermelho e branco entrou com mais vontade. Foi dono e senhor da bola durante toda a segunda parte, mas sempre nervoso quando os “Gli Azzurri” saiam em contra-ataque. Logo no recomeço da partida Mario Pasalic atirou o esférico ao poste esquerdo da baliza adversária após um cabeceamento meio atabalhoado. Apesar de ter a bola sempre na sua posse, o AC Milan nunca conseguiu criar lances de perigo para o Napoli. Nas alas os extremos conseguiram muitas vezes criar espaços para cruzar, mas faltava sempre alguém para finalizar.

A chegar ao quarto de hora final, e contra a corrente do jogo, Dries Mertens esteve perto de fechar o resultado depois uma excelente arrancada desde a defesa, que só terminou quando a Gianluigi Donnarumma parou o seu remate. Já no tempo de compensação, Donnarumma saiu da sua área em direção à do adversário e quase empatou a partida através de um cabeceamento difícil e complicado de executar, resultante de um último pontapé de canto. Desta forma, a equipa de Nápoles fica isolada no terceiro posto da tabela classificativa com 44 pontos, enquanto que o AC Milan mantém-se em quinto lugar a três pontos do quarto classificado, Lazio. Na próxima jornada o Napoli recebe o desfalcado Palermo, e a equipa de Milão desloca-se à casa da Udinese, numa partida que será difícil para os “Rossoneri” visto que ainda não poderão contar com as suas baixas de peso.

Foto de capa: AC Milan

Comentários