Anterior1 de 3Próximo

Soma e segue! A Juventus foi a Florença vencer a Fiorentina por 3-0, e já conta com 13 vitórias na Serie A, naquele que é o melhor arranque de sempre do clube de Turim. Cristiano Ronaldo, com um golo no segundo tempo, continua a ser uma das figuras da época do emblema italiano.

O jogo começou com a primeira oportunidade a pertencer ao conjunto da casa, logo aos dois minutos: Benassi, um dos homens mais imprevisíveis da Fiorentina, disparou de primeira ao lado. O aviso estava dado pelos florentinos.

A Viola, através de um sistema 4-3-3 assimétrico montado por Stefano Pioli, ia fechando bem sem bola, com Gerson a equilibrar defensivamente do lado direito. Já Allegri, face à lesão de Alex Sandro, optou por passar Cancelo para a esquerda, com De Sciglio a ocupar o lugar que é habitualmente do lateral português. Cuadrado, por sua vez, via-se numa posição pouco usual – no centro do campo -, aproveitando as diagonais de Mandžukić para aplicar a sua velocidade na faixa direita.

Aos 21 minutos, Edimilson Fernandes quase aproveitou o atraso imprudente de Bentancur para fazer o golo, mas Szczęsny estava atento. Quatro minutos depois, os jogadores da Juventus reclamaram mão na bola de Biraghi na área contrária, mas o árbitro Daniele Orsato, após a consulta do VAR, nada assinalou.

Anúncio Publicitário

O meio-campo da Juventus finalmente ia conseguindo fazer uma boa circulação do esférico, o que acabou por resultar no golo, aos 31 minutos: Bentancur, a beneficiar dos movimentos sem bola dos colegas, ganhou o espaço central e atirou a contar. A Velha Senhora fazia o 1-0 na partida, após um grande trabalho coletivo.

Nos últimos 10 minutos do primeiro tempo, o resultado esteve muito próximo de sofrer alterações: aos 35, Simeone, na boca da baliza, não acertou na bola, naquela que era até ao momento a melhor chance da Fiorentina; no minuto seguinte, Ronaldo puxou para dentro e quase que assustava Lafont; aos 38, Cancelo, com um movimento parecido com o do compatriota, quase aumentava a vantagem da turma de Turim; e, aos 40, Dybala obrigou o jovem francês de 19 anos a esticar-se para uma boa intervenção.

A Velha Senhora prossegue num autêntico passeio pela Serie A
Fonte: Juventus FC

Nos segundos 45 minutos, quando a Fiorentina parecia começar, aos poucos, a impor o seu jogo, a Juve chegou ao segundo: Chiellini, à ponta-de-lança, rematou à meia volta, com a bola a sofrer um efeito que a levou até ao fundo das redes. 70 minutos no Artemio Franchi, e as coisas estavam bem encaminhadas para os pupilos de Massimiliano Allegri.

E o 3-0 acabou mesmo por chegar, aos 79 minutos, pela cara do costume: Cristiano Ronaldo, na conversão de uma grande penalidade, ampliou os números do desafio. O astro português já leva 11 golos com a camisola bianconeri, 10 deles na Serie A (igualou Piątek).

Até ao final, a Velha Senhora tomou conta do jogo a seu bel-prazer, e continua assim um passeio agradável por terras transalpinas.

ONZES INICIAIS:

ACF Fiorentina: Lafont, Milenković, Pezzella, Vitor Hugo, Biraghi; Veretout, Benassi (Pjaca 66’), Edimilson Fernandes; Gerson (Thereau 81’), Chiesa, Simeone.

Juventus FC: Szczęsny, De Sciglio, Bonucci, Chiellini, Cancelo; Bentancur, Cuadrado (Douglas Costa 83’), Matuidi; Dybala, Ronaldo (Bernardeschi 81’), Mandžukić (Moise Kean 89’).

Anterior1 de 3Próximo

Comentários